Sobre números, mentiras, vaidades e odontopediatras com dedos decepados

Essa semana vocês foram testemunhas de uma das mais lamentáveis e desesperadas ações da internet odontológica. Em busca de inflar números, provavelmente para iludir anunciantes, um infeliz acadêmico de odontologia, que há alguns anos atua como blogueiro, postou uma mentira na internet e prejudicou sobremaneira nossa classe, por colaborar com a aversão associada ao ambiente de consultório.

Pra quem não sabe do que estou falando, trata-se de uma postagem sobre uma odontopediatra que teria tido seu dedo decepado pela mordida de uma criança. Já seria o bastante para lamentar, mas ele foi além, e postou uma imagem, obviamente falsa, de uma mão sem parte de um dedo, que mais tarde descobriu-se ter sido roubada de um vídeo tutorial sobre maquiagem.

Muitos colegas chegaram a compartilhar sem nem mesmo ler. Pior. Outros compartilharam sem nem mesmo observar a imagem, que era visivelmente falsa. Pior ainda. Outros ainda teimaram dizendo que tratava-se de um fato real, e que apenas a imagem era falsa. Enfim, o fato é que a desinformação venceu mais uma vez.

Tendo construído boa parte do seu acervo de postagens às custas de plágio sobre outros sites e blogs, esse site ainda se vangloriou mostrando um vídeo nas suas redes sociais um vídeo com mais de 2500 usuários online. A vaidade ali era tamanha que não bastava enganar. Era preciso mostrar quantos estavam sendo enganados.

Brincar num blog não foi e nem nunca será proibido. Eu mesmo já o fiz aqui no VDD muitas vezes, quando o blog ainda era nanico e não tinha nem visibilidade e muito menos anunciantes. Depois que a gente “cresce” e que pessoas e empresas investem na gente, é preciso ter responsabilidade.

Não é mais o caso dele. E ele fez questão de deixar claro no post que não se tratava de uma ~~brincadeira~~, afinal de contas, brincadeiras não inflam tanto os números. Mentiras, sim. Ele tem visibilidade e anunciantes, que acredito eu, devem estar estarrecidos com a falta de profissionalismo desse futuro dentista. Associaram suas marcas a uma farsa.

Mas a culpa não é só do moleque que postou. Se você compartilhou tal informação falsa, a culpa disso é sua também, que segue a boiada e sai propagando coisas sem nem mesmo ler. Sem sequer pensar.

 

Compartilhe com os amigos

Comentáros

comentários

Fabrício Mendes
Fabrício Mendes
Fundador do Vida de Dentista

Os comentários estão encerrados.