Curiosidades

Sobre açúcar, higiene bucal e como os romanos não gastariam quase nada no dentista

Não é grande novidade alguma, mas essa constatação sobre o açúcar e sua relação com problemas bucais só reforça algo que nós dentistas já sabemos faz tempo.

A forma como higienizamos nossa boa atualmente teria sido algo completamente desnecessário se tivéssemos vivido com os romanos da Pompéia, de acordo com estudos feitos por um grupo de cientistas. Para chegar a tal conclusão, eles realizaram exames específicos em que analisaram trinta habitantes da cidade que foi vítima de uma gigante erupção no Vesúvio, no ano 79 d.C..

O grupo, liderado por Giovanni Babino, liberou as fotos do trabalho em setembro de 29 e revelou e uma conferência de imprensa que os romanos tinham dentes perfeitos e nenhuma necessidade aparente para dentistas, de acordo com informações da Agência Jornalística Itália.

Na realidade, os cidadãos de Pompeia não precisavam deste luxo moderno, já que a quantidade de açúcar em suas dietas era baixíssima. Massimo Osanna, superintendente do site World Heritage™, comentou em entrevista ao The Telegraph™ que eles mantinham uma dieta equilibrada dentro do que chamamos hoje de dieta Mediterrânea.

‘Eles comiam muitas frutas e vegetais, porém pouquíssimo açúcar comentou a ortodontista Elisa Vanacore, que analisou as amostras de dentes. Eram melhores do que nós neste quesito, completou.’

Vi AQUI

Comentários

comentários

Sobre o autor

Fabricio F. Mendes .'.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.