Implante Dentário Implantodontia

DENÚNCIA: 1/3 dos implantes no Brasil são piratas

Pesquisa indica que 1 em cada 3 implantes dentários fabricados no Brasil tem origem pirata. Saiba como se proteger desse risco.

implantes

Foto: Folha

No Brasil são fabricados anualmente cerca de 2,2 milhões de implantes dentários, e pasmem, 1 em cada 3 deles, ou pelo menos parte deles, é de origem pirata.

Não é preciso muito conhecimento técnico pra entender que esse nÚmero, além de alarmante, mostra o potencial de problemas pós-operatórios que podem vir a ocorrer (se é que já não vem ocorrendo) com os pacientes que recebem esses implantes, ou componentes protéticos, de menor qualidade.

Com a febre da implantodontia, como especialidade super procurada por dentistas, a concorrência aumentou, o que fez o preço dos procedimentos cair. Isso levar a um círculo vicioso, onde alguns profissionais, pra não verem sua margem de lucro diminuir drasticamente,  procuram por material de baixo custo, sem que a qualidade seja a premissa principal na hora dessa compra.

Um tratamento com valor agregado alto, como os implantes, traz embutida uma responsabilidade mais alta ainda. É preocupante ver colegas abrindo mão da sua tranquilidade, e principalmente, colocando em risco o investimento e a saÚde de seus pacientes, puramente por motivos econômicos.

Óbvio que a maioria dos profissionais não age dessa maneira. Essa maioria trabalha com implantes fabricados dentro das normas, com potencial de rastreabilidade (sabe-se qual empresa fabricou e quando, através de um nÚmero de série) e principalmente, testados pela Anvisa.

Se você é paciente, exija do seu dentista o uso de material de procedência. Se você é dentista, não se deixe levar por nÚmeros. Não há nada que pague uma noite de sono tranquila. 🙂

Via

Comentários

comentários

Sobre o autor

Fabricio F. Mendes .'.

3 comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.