Tomando Presa #2 – Dicas infalíveis para modelos de gesso com alta qualidade

Faaaala galera do VDD. Hoje trago algumas dicas sobre como conseguir aquele modelo de gesso com alta qualidade. Em especial no caso de prótese fixas, espera-se que o modelo de gesso atenda principalmente os seguintes critérios:

Precisão: garante que se trabalha com uma cópia a mais fiel possível das estruturas bucais
Superfície lisa e de qualidade: possibilita melhor visualização de detalhes e facilita o trabalho do TPD
Resistência mecânica: lembra daquele CREC no momento de remover o modelo, EXATAMENTE no dente que você mais precisava???

Tá bom… já está ficando com cara de aula de Materiais Dentários pura, destilada e sem conexão com a prática??? Então vamos às 03 dicas básicas que selecionei:

  1. SELEÃ?Ã?O CORRETA DO GESSO:

A seleção do gesso depende diretamente do uso que pretende. Não sabe bem para que vai precisar do modelo??? Então para não errar, vaze em gesso tipo IV. Isto porque é o tipo de gesso que alia o melhor equilíbrio entre as 3 características que foram citadas acima.

Agora vale o alerta: a pior economia que você pode fazer é usar um gesso de baixa qualidade só pelo preço. Lembre-se de quantas horas clínicas você colocará em risco com isso. Hoje no mercado temos acesso à excelentes gessos tipo IV que tem custo por Kg entre R$20,00 a R$35,00. Considerando quanto se usa por modelo (50g. de gesso em média), vemos que um Kg dá para fazer cerca de 20 modelos de gesso. Vai colocar seu nome em risco por R$1,00 ou R$2,00???? Nem vem com essa!!!!!!MAS E A PRECIS�O???

E não me venha com a famosa frase: â??O gesso que uso é ruim de escoar… daí coloco um pouquinho a mais de água para facilitar!â?Não se adaptou às características do gesso, escolha outra marca mas não altere as recomendações do fabricante.

Ok… ok… já sei… â??Johnson, quais marcas você sugere???

Seguem aí 5 marcas de altíssima qualidade (tipo IV):

  • Resin Rock (WhipMix) â?? importado pela IdentLab
  • UltiRock(WhipMix)- importado pela IdentLab
  • Snow Rock Premium â?? Dental Stone â?? Importado pela Odontomega
  • FujiRock EP (GC Japan) â?? importado pela GC Brasil
  • Elite Rock (Zhermack) â?? importado pela Labordental
  1. ÁGUA DE TORNEIRA E MEDIDA NO “OLHÃ?METRO”????? NEM PENSAR!

Ahhh não… isso é infarto na certa se for visto por um Professor de Materiais Dentários. Brincadeiras à parte, sabe quem é a pessoa que é enganada e prejudicada com isso? EXCLUSIVAMENTE VOCÃ?! Quando faz desta maneira, em cada uso tem o produto com uma consistência e com propriedades diferentes. O modelo de gesso perde nas três características que citamos no início. Assim, você $ PAGA $ por alta qualidade e leva resultado ruim.

Deixe de ser preguiçoso(a). Vá até uma loja e compre uma balança digital com precisão de pelo menos uma casa após o zero (0,1g). Aproveite e na volta passe em uma Farmácia ou Loja Veterinária e compre uma seringa descartável de 10 ou 20mL. Não dói nada.

Resumindo: pó de gesso é â??pesadoâ? na balança e a água medida em mL. Ahhhh e por falar nisso, se puder usar água mineral ou pelo menos uma água pura, para evitar que minerais presentes em canos e em determinadas regiões interfira na expansão do gesso e na precisão.Lembre-se: precisão não pode ser obra do acaso… algo que de vez em quando acontece. Tem que ser regra, rotina.

Veja na imagem a superfície de um modelo de gesso tipo 4 após a presa. Não tão liso quanto parece hein… Pois bem, os locais marcados com setas (espaços entre os cristais) estava ocupado por???? ÁGUA! Ou seja, quanto mais água além do correto, maiores os espaços e o número deles. E quando se aumenta o número e tamanho das falhas que existem dentro de um material, diminui-se sua resistência mecânica. Além do seu modelo perder precisão, ainda está mais sujeito à fraturas e com superfície menos lisa. Para quem busca qualidade, um desastre total!

 

Slide1

 

 

  1. TIXOTROPIA? QUE DIABOS Ã? ISSO???

Um fator que considero de suma importância e um dos primeiros a observar, é o que chamamos de TIXOTROPIA. Este nome todo pomposo descreve uma característica de materiais em geral, que quando submetidos à ação de uma determinada força, muda sua viscosidade. Quer um exemplo? Catchup (sem ser batizado com água… rsrsrs). Se virarmos um frasco lentamente, o conteúdo praticamente não se desloca. E o que fazemos para solucionar este problema gastronômico??? Um belo golpe com o braço (aplicação de força) e por um breve momento, se torna mais fluido e escoa melhor. E o que isso tem a ver com gessos em Odontologia??? Gessos de melhor qualidade, apresentam este tipo de comportamento, devido à aditivos adicionados pelo fabricante.

Gessos com considerável tixotropia, escoam muito bem quando submetidos à ação de forças (Ex.: uso de vibrador de gesso) e praticamente param de escoar quando a força cessa. Com isso conseguimos controlar bem o â??deslocamentoâ? do gesso fluido no interior do molde e evitar que fique escapando pelas regiões posteriores do mesmo. Com gessos de baixa qualidade, sempre me sinto um confeiteiro de bolo… contorna daqui, cerca dali, até que o gesso comece a tomar presa… rsrs. Veja na imagem a seguir como um gesso com excelente tixotropia pode ser trabalho na proporção correta, sem escoamento indesejados.

Slide2

Nada de inventar então… se o gesso que você usa não escoa o tanto que gostaria, a solução é simples! TROQUE de gesso, afinal, marcas de qualidade no mercado é o que não falta.

E aí valeram as dicas???? Então desliga logo aí esse computador, tablet, larga esse ZapZape corre lá para comprar a balança e a seringa… vai, vai… rsrs. Abração e até a próxima… 😀

 

Compartilhe com os amigos
  • 3
    Shares

Comentáros

comentários

Fabrício Mendes
Fabrício Mendes
Fundador do Vida de Dentista

8 Comentários

  1. Elaine Assis disse:

    Belíssimo texto. Muito didático e altamente informativo. Parabéns Dr. Johnson

  2. Não sei se vou comprar a balança tão cedo assim, mas as dicas todas foram mega valiosas. Vou rever a marca do gesso e a seringa eu já tenho. Valeu Dr. Johnson Campideli Fonseca

  3. ótimas dicas. principalmente essa balança vai facilita mas ainda.

  4. Johnson Campideli Fonseca disse:

    Muiiito obrigado Elaine! Obrigado por prestigiar!

  5. Lea Alves disse:

    Não tem como não gostar! Obrigada Dr. Johson!!! Escreva mais!

  6. Olá Johnson !!! Pra facilitar o procedimento de medida da água, ela também pode ser pesada, exemplo, se a mistura pede 10ml de água pode pesar 10 gramas de água que dará exatamente a mesma coisa ok. Abraços a todos !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *