Doença Periodontal na Gravidez x Nascimentos Prematuros

bebê prematuroDesde muito tempo têm-se aceito na odontologia que infecções crônicas periodontais podem levar a danos sistêmicos em longo prazo que podem ser eventualmente fatais. Mais uma vez é importante considerar o corpo humano como um todo ao invés de partes separadas não relacionadas.Da relação bactérias invasoras x organismo invadido, ocorre uma cadeia de reações que se traduzem por alterações locais e distantes do sitio afetado, causando complicações sistêmicas. Ã? comum encontrarmos estudos relacionando a progressão da doença periodontal com o diabetes ou com os problemas cardiopulmonares. Entretanto, é importante que, como dentistas, saibamos que problemas periodontais podem também afetar a saúde de quem ainda não tem dentes … os bebês.
Segundo a Organização Mundial de Saúde,1 em cada 10 nascidos no Brasil são prematuros ou de baixo peso ao nascer e as causas para essa prematuridade ainda não são completamente esclarecidas. Fumo, estresse, má alimentação e higiene bucal insatisfatória são apontados como fatores que podem desencadear risco a prematuridade. Além disso, as infecções que acometem o corpo da mãe podem produzir respostas inflamatórias exacerbadas, potencializando a liberação de mediadores inflamatórios como a Interleucina-1 e as prostaglandinas. A elevação desses fatores pode potencializar a inflamação aumentando o poder de destruição da doença periodontal.
grávida lindaTendo em vista que a doença periodontal é um processo inflamatório, quando este é exacerbado pode causar hipersensibilidade do músculo liso do útero, o que aumenta a contratilidade e dilatação cervical, ocasionando assim o parto prematuro.Microorganismos da placa bacteriana são capazes de aderir e penetrar células endoteliais, colonizar a unidade feto placentária e, assim, serem capazes de provocar prematuridade e nascimentos de baixo peso, segundo estudos experimentais realizados em ratos.
Problemas adversos na gravidez são associados frequentemente com estilos de vida e doenças infecciosas que assim como a Doença Periodontal, podem ser controladas ou eliminadas durante a gravidez. Cabe a nós, profissionais da saúde, instruirmos nossas pacientes sobre os riscos que a doença periodontal não controlada podem causar tanto para mãe quanto para o bebê. 😀
 

Compartilhe com os amigos
  • 28
    Shares

Comentáros

comentários

Fabrício Mendes
Fabrício Mendes
Fundador do Vida de Dentista

2 Comentários

  1. Interessante como você conseguiu abordar um assunto tão sério com leveza. Obrigado Denise 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *