Ser voluntário vale a pena

Projeto Sorrir durante COIC/ACDC

Hoje dia 5 de dezembro é o dia do voluntário e claro que a blogosfera não pode ficar de fora, não é mesmo? Assim nasceu a campanha â??Ser voluntário vale a penaâ?, que já conta com outras edições anteriores.

A odontologia é repleta de casos de voluntariado, pois muitos projetos bacanas surgem da necessidade de entidades ou mesmo comunidades receberem cuidados bucais.

Nunca me associei a nenhum projeto específico de voluntariado (apesar de ter recebido o convite aqui da ACDC que faz um muito bacana), mas também nunca me neguei a atender pedidos de escolinhas que solicitavam minha presença para educar, de alguma forma, as crianças quanto à higiene oral. Uma história que sempre me recordo quando me perguntam de voluntariado é essa abaixo:

Num colégio aqui de Campinas, fui por três anos seguidos, conversar com os pequenos que cursavam a segunda série. Pensem em turmas com 30 crianças, todas querendo perguntar ao mesmo tempo? As professoras já pincelavam um pouco de odontologia para as crianças (número de dentes, bichinho que os come etc), assim muitas crianças já formulavam suas dúvidas na cabeça.

A pergunta mais difícil de todos os anos era: â??a fada do dente existe, tia?â?. Uma pergunta delicada, pois devemos levar em conta o credo de cada um para a resposta. Algumas famílias ensinam a acreditar em papai noel, coelhinho da páscoa e até na fada dos dentes; outras não. Como dentista não tenho que desmentir ninguém e daí sempre saio com a resposta que minha mãe me dava quando eu perguntava se esses seres eram verdade â??a gente acredita naquilo que quer acreditarâ?.

Contudo, uma coisa sempre me divertia: as crianças faziam boquinhas de massa de modelar rosa e grãos de canjica para formar a gengiva e os dentes. Na primeira vez que vi os trabalhos, fui elogiando um por um, até que na metade da bancada uma gatinha puxou minha blusa e alertou â??tia, aí em cima são as bocas da turma da tarde, as nossas são as debaixo!!!â? e a tia aqui teve que voltar no início e rever canjica por canjica!

Ser voluntário vale a pena, muito mesmo, pois guardamos estas histórias, além de muitos beijos e abraços na memória. E vocês, já fizeram trabalho voluntário? Contem pra gente aí nos comentários!

Compartilhe com os amigos

Comentáros

comentários

Fabrício Mendes
Fabrício Mendes
Fundador do Vida de Dentista

1 Comentário

  1. Joao Carlos disse:

    Gostaria de me candidatar a voluntario.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *