Endocardite bacteriana – Dente MATA

Muitos médicos mais soberbos minimalizam a Odontologia e colocam nós, dentistas, num patamar inferior a eles numa escala imaginária de “importância” para os pacientes em geral.

Não os culpo totalmente. Grande parte da população concorda com essa idéia, de que o tratamento dentário pode esperar, afinal de contas não se morre no consultório do dentista, mas sim nos hospitais. Mas a verdade é que o dente mata sim. Só não leva a fama.

A endocardite bacteriana com foco dentário é responsável por cerca de 10% dos casos de morte por problemas no coração. O ato de escovar os dentes ou mesmo mastigar um chiclete pode ser suficiente para provocar bacteremia.

Quantas vezes você não ouviu seu paciente dizer que não ia fazer o tratamento de canal “por enquanto” mesmo depois de você ter detectado, diagnosticado e orientado o mesmo sobre a necessidade de fazê-lo ??? Eu já ouvi muitas. Alguns podem pensar que me faltaram argumentos para convencer meus pacientes, mas será que foi isso mesmo ??? Ou melhor, será que foi só isso ???

Na minha ótica não. A verdade é que a maioria dos pacientes só prioriza o tratamento odontológico quando o dente é anterior, e compromete a estética, ou quando o mesmo está doendo, e desses, grande parte ainda prefere, seja por ignorância ou por falta de recursos, extrair o dente problemático ao invés de tratá-lo.

Alguns pontos importantes que julgo necessário frisar:

  • Endocardite bacteriana causada por foco dentário pode ser fatal.
  • Infecções de origem dentária estão entre as principais causas da endocardite infecciosa.
  • Odontologia não é só estética, é acima de tudo SAÚDE.

Resta a nós informar nossos pacientes sobre isso. É nossa obrigação tentar mudar o jeito com que a população enxerga a importância da Odontologia. É um trabalho de formiguinha, mas que se realizado, pode sem dúvida diminuir os casos de endocardite bacteriana e salvar vidas.

Compartilhe com os amigos

Comentáros

comentários

Fabrício Mendes
Fabrício Mendes
Fundador do Vida de Dentista

4 Comentários

  1. Paula Freire disse:

    Nossa, parabens pela materia, farei o possivel p divulga-la pq passei por isso aki na minha clinica, paciente conhecido meu, cm dor no dente, infeccionado, cardiopata, ficou de pegar uns exames cm o medico p vir extrair o dente visto q essa era a unica soluçao, e estranhei ele nao ter voltado. Qd procurei por noticias, soube q ele foi internado as pressas, cm problemas serios no coraçao e o diagnostico dos medicos foi de o gatilho p td foi o dente q ele iria extrair conosco!!! Por pouco ele nao morre!!! A extraçao do dente teve q ser feita no hospital depois de forte antibioticoterapia!!!
    Obrigada por divulgar essas informaçoes tao importantes!!!

  2. Leonardo Vasconcellos disse:

    só para corroborar com seu post leia o link que te mando, http://www.dgabc.com.br/News/5924767/jogador-de-basquete-norte-americano-morre-em-santos.aspx, abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *