Curiosidades Odontologia Técnicas

Hipnodontia – Hipnose em Odontologia

Desde que eu estava no primeiro ano de faculdade, em 1996, ouço muito falar sobre um método que se diz capaz de contornar problemas no consultório odontológico. Trata-se da Hipnodontia ou Hipnose em Odontologia.

Conviver com o medo dos pacientes é quase uma rotina na vida dos dentistas. E é justamente prometendo melhorar essa realidade, que atrapalha e muitas vezes até impede os tratamentos, que a hipnose começa a surgir no Brasil como mais uma ferramenta de trabalho para o odontólogo.

Há quem diga que ela esteja relacionada a ocultismo ou à s ciências místicas, mas na verdade a hipnose é um procedimento cientificamente fundamentado. Tem sido utilizada há muito tempo como técnica curativa e psicoterápica. No caso dos dentistas, a hipnose promete, em muitos casos, substituir anestesias, diminuir os sangramentos e a salivação e facilitar sobremaneira o tratamento.

No Brasil, a utilização da hipnose é autorizada aos cirurgiões-dentistas no artigo 6o da Lei nº 5.081, de 24/08/66, que regula o exercício da Odontologia. No entanto, é necessário que os profissionais sejam devidamente habilitados. Para isso, começam a surgir cursos de hipnose direcionados para os profissionais da Odontologia.

O medo que os pacientes tem do dentista é equiparado ao medo que eles sentem da hipnose em Odontologia. Por isso, em alguns casos, o profissional precisa gastar o seu latim para poder remover da imaginação do seu freguês todas as situações hipotéticas que povoam a mente deles. Há que se lembrar que ao contrário do que muitas pessoas imaginam, ninguém faz sob hipnose nada que não faria se não estivesse hipnotizado. Além disso, por questões éticas, nenhum dentista pode utilizar a hipnose sem o conhecimento do seu paciente.

A minha opinião sobre o assunto ??? Bom … eu, por natureza de mineiro matuto, sou meio Tomé e só acredito vendo. Cheguei a ver uma vez em 1999, ano que me formei, numa Jornada Odontológica da Unincor em Três Corações-MG, o professor Adalberto Maciel, dono da cadeira de cirurgia, inserir agulhas nas mãos de alguns malucos que se prestaram a ser hipnotizados por ele.

De um total de 10 voluntários que o desafiaram na platéia ele conseguiu hipnotizar 8. Uma média excelente a meu ver, ainda mais se tratando de uma ocasião em que todos estavam em um salão com mais de 200 pessoas. Funcionou com as agulhas, mas agora como isso funcionaria no consultório são outros quinhentos e para manter a tradição, só acredito vendo.

Gostaria de ver é um curso de hipnose REALMENTE aplicada à  Odontologia, tipo:

  • Convença o seu paciente a pagar todo o tratamento na primeira consulta sem chorar através da hipnose;
  • Inadimplência 0% com o uso da hipnose no consultório odontológico;
  • Ã?tica na odontologia, faça seu colega ser um profissional ético apenas com a hipnose;
  • Moralizando os convênios odontológicos, convença o representante de um convênio que a tabela de seu convênio é vil apenas com o uso da hipnose.

Aí sim eu seria o primeiro da fila no próximo curso de hipnodontia. 😀

Comentários

comentários

Sobre o autor

Fabricio F. Mendes .'.

13 comentários

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.