Ortodontia – O “X” da Questão #13 – Paciente faltou, posso cobrar mensalidade ortodôntica ???

É mais comum do que parece, mas esse tipo de dúvida levantada pelo leitor André Luiz de Campos Freitas curiosamente ainda não tinha sido abordada aqui no Vida de Dentista. Nós ortodontistas podemos cobrar mensalidade ortodôntica de pacientes que faltam à consulta do mês ???

Respondendo por mim, NÃO SÓ PODE COMO DEVE !!!

Mas será que isso é legal ???

No meu caso é. E o motivo é simples.

Eu fui bem orientado onde estudei, e hoje oriento meus alunos quanto a isso. Quando me documento corretamente, e passo a SÓ iniciar o tratamento APÓS o paciente, ou seu responsável legal, assinar a um contrato de prestação de serviços odontológicos onde essa questão está bem clara, meus problemas acabam.

Paciente faltou, paga do mesmo jeito. Afinal de contas, eu deixei de marcar outro paciente naquele horário e a minha hora clínica tem um valor, que ele, por opção, resolveu pagar sem usar.

Quando digo “por opção” me refiro aos que faltam sem aviso prévio, pois para aqueles que tem a consideração de avisar com antecedência a sua falta eu procuro encontrar outro horário que lhe seja mais viável. Imprevistos acontecem, eu sei, mas assim como me preocupo em avisá-los quando acontece algo comigo e preciso me ausentar, penso que não custa nada a recíproca ser verdadeira.

Outro motivo pelo qual acredito que todos deveríamos nos documentar e exercer o direito da cobrança é o fato de ter se aberto um precedente, absurdo ao meu ver, onde nós ortodontistas somos obrigados a obter resultado no tratamento.

E para evitar que surjam dúvidas, perguntei ao meu amigo Leonardo Pacheco, que é ADVOGADO DOS BONS, sobre a legalidade dessa minha prática e vejam só o que ele me respondeu:

Portanto amigos, se o paciente faltar à consulta vocês tem o direito sim de cobrar a mensalidade ortodôntica daquele mês, afinal de contas, você estava lá, pronto pra trabalhar, e merece o seu pagamento. 😉

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

15 comentários em “Ortodontia – O “X” da Questão #13 – Paciente faltou, posso cobrar mensalidade ortodôntica ???

  • 6 de novembro de 2012 em 13:14
    Permalink

    Muito bom!! De fato ja vi alguns amigos fazerem isso, uma vez que estejam respaudados… Quanto a questao "ortodontistas são obrigados a obter resultado no tratamento" é uma ideia absurda pois a meu ver o tratamento nao parte tao somente do profissional, requer competencia dele obvio, mas requer tbm a boa vontade do paciente que muitas vezes falta a consulta, nao tem cuidado, perde braquetes, remove o fio… mas é aquela coisa "pimenta nos olhos dos outros é refresco". Criticar o trabalho alheio é otimo!!

    Resposta
  • 6 de novembro de 2012 em 13:33
    Permalink

    Na verdade, o paciente apto a colocar aparelho é aquele que tem responsabilidade.Terá,ótimo resultado, espaço de tempo mais curto, menos gasto, além de falar bem do profissional.Aquele que se dá bem na Ortodontia sabe selecionar os bons pacientes.Aparelho não é para todos.Infelizmente.Quanto a cobrança de faltas, o código de defesa do consumidor é bem claro…não se pode cobrar por serviços não prestados, a não ser que cobre por consulta marcada, e não mensalidade ou manutenção.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2012 em 13:35
    Permalink

    Tenho contrato avisando que: se o paciente faltar sem avisar com antecedência, ele deve arcar com o valor da mensalidade, mas esse contrato que fazemos no consultório é válido? Pois não temos reconhecimento de assinatura em cartório, como fazem os bancos, imobiliárias, etc.

    Resposta
  • 6 de novembro de 2012 em 13:53
    Permalink

    um pequeno exemplo….suponha que o seu tratamento dentario seja colocado no modo de locacao de aparelho ortodontico, enquanto durar o tratamento (ok, apenas exemplo a ser explicado ao seu paciente ), se ele alugar uma casa (para efeito de didatica apenas), e sair de ferias ( no nosso caso, faltar), ele paga aluguel, agua e luz…etc…entao, se faltar na consulta…TEM QUE PAGAR TB…!!!!

    Resposta
  • 6 de novembro de 2012 em 13:56
    Permalink

    Lógico . Afinal nos somos pagos por todo um tratamento. O que fazemos é facilitar para o paciente…ele saia por mês,do que pagar 3 ou 4mil de uma vez. Penso assim. eu não sou do tipo que enrola tratamento pra ganhar mais,penso terminar o quanto antes e ganhar sim novos pacientes. Beijo a todos.

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2014 em 18:10
    Permalink

    Sim é válido até mesmo o contrato realizado sem estar em papel, o que chamamos de contrato Tácito, (falado, de boca) acontece que nesta modalidade, o que vai se encontrar dificuldade de se cobrar em eventual lide judicial é a (comprovação, prova) do que foi contratado, o que certamente só se fará por meio de testemunhas, ou qualquer tipo de prova possível.

    Resposta
  • 4 de dezembro de 2014 em 18:13
    Permalink

    Não é essa a logica, contrato de prestação de serviços, é muito diferente do contrato locatício (regido pela Lei do inquilinato)… Nós podemos contratar o que quiser, do modo que bem entendermos, ninguém é obrigado a assinar contrato de forma que não deseje, cabe aí o consenso. No caso, entre dentista e futuro cliente. Se constar acordado o pagamento em forma de (mensalidade), independentemente é cobrado, mas se em forma de (consulta) se paga pelas que forem realizadas. Pois bem.

    Resposta
  • 5 de dezembro de 2014 em 00:48
    Permalink

    Ok, mas e se minha consulta deveria ser no final do mês (26), por exemplo, não cheguei a marcar a consulta, tive um problema nesses dias e só fui no dia 2 do próximo mês. Tenho que pagar a consulta, do mês anterior que não marquei e do mês atual que fui?

    Resposta
    • 21 de dezembro de 2016 em 14:38
      Permalink

      Então, e se ela só te atendesse o dia 26 do outro mês? Quer dizer q vc tinha consulta dia 26 e foi só no dia 02 e por causa de 6 dias vc não vai pagar? Isso é querer ser malandro não é? Vc poderia falar para ela te atender dia 02 e depois no final do mês de novo e não fazer isso q vc disse!!!

      Resposta
  • 19 de janeiro de 2015 em 12:50
    Permalink

    É correto uma clínica não fazer contrato, fazer o que bem entende, tipo exigir que as consultas sejam pagas mensalmente sem falta, além disso cobrar o aparelho móvel separadamente e o pior, querer cobrar para devolver a pasta que EU paguei no início do tratamento. Sendo que não assinei contrato? PS: Estou com as mensalidades em dia, porém eles deixam claro que se eu não pagar um mês, seja por falta ou sei lá oq, esse mês será cobrado igual. Acredito qe se eles não fizeram contrato, não podem fazer exigências benéficas a eles. O que me indignou foi cobrarem o móvel separado, sendo que minhas irmãs colocaram aparelho na mesma clinica e assinaram contrato com móvel incluso, e não querer devolver a pasta que EU paguei.

    Resposta
  • 28 de maio de 2016 em 20:18
    Permalink

    em caso de atraso na mensalidade a empresa pode se negar a marcar a manutenção e cobrar como se tivesse feito?

    Resposta
    • 13 de junho de 2016 em 13:38
      Permalink

      se isso estiver em contrato, sim … até pq o combinado não é caro

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *