CFO lançará nova cédula de identificação profissional

cedula dentistaDesde o último dia 25 de outubro – Dia Nacional do Cirurgião-Dentista – o recadastramento nacional dos profissionais inscritos se iniciou nos 27 Conselhos Regionais de Odontologia. O novo cadastro, que deve estar concluído em um ano, será acompanhado de uma nova cédula de identificação profissional e de um recenseamento sem precedentes na história da nossa profissão. No lugar do livreto utilizado atualmente, entrará um cartão fabricado em policarboneto, com informações armazenadas eletronicamente.

De acordo com um cronograma estabelecido, os profissionais serão convocados a ir às sedes ou delegacias de seus CROs, onde, além de atualizarem seus dados cadastrais, poderão participar do “recenseamento demográfico” da categoria, que tem como meta apurar o perfil sócio-econômico e cultural dos mais de 270 mil profissionais distribuídos pelo Brasil.

Doação de órgãos

De acordo com a resolução 56/2004, um dos objetivos do recadastramento é tornar disponível aos profissionais uma cédula de identidade mais moderna e segura. A nova carteira terá validade de cinco anos – a atual tem validade indeterminada – e trará dados sobre tipo sanguíneo e pós-graduação – stricto sensu (mestrado/doutorado) e lato sensu (especialização). O profissional também poderá, se quiser, divulgar que é doador de órgãos.

Base de dados confiável

Outra vantagem proporcionada pela atualização do cadastro – dessa vez com a presença física do profissional, que precisará comparecer ao seu CRO – será a criação de uma base de dados confiável e útil. Hoje, uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos conselhos é saber exatamente o número de profissionais que estão na ativa, já que muitos mudam de endereço ou deixam de exercer a profissão e não comunicam aos seus CROs. Existem casos, inclusive, em que o profissional morre e a família não comunica o fato ao conselho.

“Há tempos que os CROs reclamam da dificuldade de conhecer o paradeiro de muitos inscritos. O recadastramento e o prazo de validade de cinco anos devem reduzir este problema praticamente a zero”, assinala Lester Pontes de Menezes, tesoureiro do CFO

Assim, ao completar 51 anos, o Sistema Conselhos de Odontologia mostra que é um senhor experiente, saudável e contemporâneo, acompanhando sem embaraço as novidades do período no qual vive.

Dica da Daiane Costa 

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  • 2.5K
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

3 comentários em “CFO lançará nova cédula de identificação profissional

  • 26 de abril de 2015 em 11:13
    Permalink

    Tem coisas que só acontecem no Brasil mesmo! A odontologia brasileira precisa de tanta coisa e os homens que se dizem responsáveis por ela querem um cartão mais bonitinho como se os dentistas estivessem com dinheiro sobrando e consultórios lotados!
    Senhores visitem os consultórios e veja a realidade e o que precisam realmente os dentistas.

    Resposta
    • 26 de abril de 2015 em 11:17
      Permalink

      ERRATA: Leia-se ” vejam a realidade”

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *