Ortodontia – O “X” da Questão #1- Diagnóstico e Planejamento

ortodontiaVocês leitores mais assíduos do VDD já viram que de uns tempos pra cá resolvi criar colunas que falam sobre as especialidades da Odontologia. Começamos com uma sobre Endodontia, depois veio uma de Cirurgia, depois vieram as de Odontopediatria e de Periodontia e por último, a caçulinha, sobre Materiais Dentários. Ela ERA a caçulinha. Não é mais.

Com muito orgulho apresento-lhes a coluna Ortodontia – O “X” da Questão, onde tentarei trazer quinzenalmente um pouco sobre esse maravilhoso mundo, no qual me joguei de cabeça há quase 11 anos.

Não tenho a pretensão de “ensinar” nada a vocês, até porque muitos de meus leitores teriam muito mais gabarito e rodagem para fazê-lo. Meu objetivo aqui será apenas pincelar tópicos que julgo importantes sobre determinados assuntos, promover o debate e aprender com vocês.

O nome da coluna, pra quem não é do ramo, faz alusão ao “x” (xis), que nada mais é que a altura com que colamos os braquetes nos dentes. Para cada dente e para cada caso esse “x” muda. Saber determinar isso é um bom passo rumo ao sucesso do tratamento. Mas o primeiro e maior passo de todos é, sem dúvida, um correto diagnóstico e um bom planejamento de cada caso.

Diagnosticar e planejar bem um caso é fundamental em todas as especialidades odontológicas, não só na Ortodontia. Já dizia o grande fisiologista francês Claude Bernard:

??Quem não sabe o que procura, não interpreta o que acha?.

? bom lembrar, já que essa se tornou uma confusão comum, que para cada caso só existe um diagnóstico certo, mas para ele, temos vários possíveis planos de tratamento que podem ser seguidos.

O que é o diagnóstico ???

Segundo a Wikipédia, diagnóstico é o processo analítico de que se vale o especialista ao exame de uma doença ou de um quadro clínico, para chegar a uma conclusão”. Diagnosticar é reconhecer uma doença, entender sua natureza e provável evolução. Trocando em miúdos pra nossa realidade aqui, as doenças são as malocusões e diagnosticar em ortodontia é, dentre outras coisas, identificar se o paciente é classe I, II ou III, se é respirador bucal, qual é o seu padrão de crescimento, quais os tipos de efeitos que essas maloclusões causaram ou causarão no paciente, como por exemplo mordidas cruzadas, sobremordidas profundas, mordidas abertas, etc …

(Fonte: DentalPress)
Planejar é prever o que vai acontecer mesmo em meio ao caos (Fonte: DentalPress)
O que é o planejamento em Ortodontia ???

O planejamento ortodôntico nada mais é que identificar os objetivos do caso (ex: corrigir uma classe III) e definir quais serão os artifícios (cirurgia e/ou aparelhos) que o ortodontista lançará mão para poder atingi-lo. ? como definir a rota de uma viagem. Para se chegar ao local desejado podemos utilizar vários caminhos e vários veículos, mas no final, o destino será o mesmo.

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

6 comentários em “Ortodontia – O “X” da Questão #1- Diagnóstico e Planejamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *