Dentista cobrando consulta??? QUE ABSURDO!!!

Não, você não está na página errada e nem o título da postagem está errado. Pelo menos não na ótica do IDIOTA colunista da RBS, afiliada da Rede Globo em Santa Catarina, Cacau Menezes.

Como vocês podem conferir na imagem abaixo o valor do profissional de Odontologia pra ele é nulo.

cacau

Pra que vocês entendam melhor, esse cidadão teve a cara de pau de cobrar explicações do CRO no jornal de maior circulação no estado, o Diário Catarinense, pois segundo ele, de uns meses pra cá está “difícil” fazer orçamentos gratuitos nos dentistas de Florianópolis, que vejam só, estão tendo a empáfia de cobrar uma tal “consulta”.

Quem o conhece sabe que ele é famoso por ser uma espécie de Amaury Jr. de Santa Catarina. Sempre cercado da alta sociedade, é um colunista famoso naquele estado.

Mas é como diz o ditado: “O burguês é o pior freguês.” Tomara que o próximo dentista desse sujeito cobre bem caro a consulta, e principalmente, que o CRO-SC o coloque no seu devido lugar. ????

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  • 10
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

75 comentários em “Dentista cobrando consulta??? QUE ABSURDO!!!

  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:14
    Permalink

    Palavras do presidente do CRO-SC Prof. Elito Araujo. Lamentavelmente penso que Cacau Menezes é carente de conhecimento, mal assessorado ou gosta de polemizar. Custo a acreditar que ele desconheça que qualquer profissional que trabalhe tem direito ao seu devido pagamento. Também custo a acreditar sobre seu desconhecimento sobre o que seja uma ??consulta? e sua importância sobre o plano de tratamento do paciente. Penso que ele planeje suas ações antes de levar seu ??jornalismo? aos órgãos de divulgação e que deva receber pelo seu serviço. Espero sim, que corrija sua publicação, pois não acredito em tanta ignorância.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:14
    Permalink

    Palavras do presidente do CRO-SC Prof. Elito Araujo. Lamentavelmente penso que Cacau Menezes é carente de conhecimento, mal assessorado ou gosta de polemizar. Custo a acreditar que ele desconheça que qualquer profissional que trabalhe tem direito ao seu devido pagamento. Também custo a acreditar sobre seu desconhecimento sobre o que seja uma ??consulta? e sua importância sobre o plano de tratamento do paciente. Penso que ele planeje suas ações antes de levar seu ??jornalismo? aos órgãos de divulgação e que deva receber pelo seu serviço. Espero sim, que corrija sua publicação, pois não acredito em tanta ignorância.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:15
    Permalink

    Quanta ignorância. Absurdo!

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:15
    Permalink

    Quanta ignorância. Absurdo!

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:23
    Permalink

    Concordo plenamente com Braulio Pasternak Júnior, Cacau Menezes é totalmente, absurdamente carente de conhecimento.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:23
    Permalink

    Concordo plenamente com Braulio Pasternak Júnior, Cacau Menezes é totalmente, absurdamente carente de conhecimento.

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:41
    Permalink

    Penso Bráulio que o comentário de Cacau Menezes retrata a própria conduta dele na escolha do profissional que cuida de seus dentes! Não me admiro que tal escolha seja feita dando prioridade ao que seja mais barato! Em se tratando de saúde dos dentes é triste que ainda não tenhamos a devida valorização! Abraços!

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 23:41
    Permalink

    Penso Bráulio que o comentário de Cacau Menezes retrata a própria conduta dele na escolha do profissional que cuida de seus dentes! Não me admiro que tal escolha seja feita dando prioridade ao que seja mais barato! Em se tratando de saúde dos dentes é triste que ainda não tenhamos a devida valorização! Abraços!

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 21:07
    Permalink

    Meu caro Cacau Menezes, não o conheço pois sou de Goiás, sou odontólogo, especialista em endodontia e mestre em ciências da saúde!
    Odontólogo: Latim: Odonto = dente. Logos = “Ciência”, estudo.

    Fiquei indignado ao receber de um amigo que está em Florianópolis, uma foto de um comentário seu em um jornal desta linda cidade!
    O que me indignou, foi esse comentário vir de um “jornalista”, pessoa que normalmente é estudada, formadora se opinião!
    Respondendo a seu comentário, se é que você irá ler esse email.

    Primeiramente,
    Orçamento:é o plano financeiro estratégico de uma administração para determinado exercício. Aplica-se tanto ao setor governamental quanto ao privado. Ou seja, quanto “você” tem disponível para gastar com determinado produto. Sendo assim, quem tem que pensar em orçamento é o cliente, se ele tem ou não condições orçamentarias para arcar com alguma despesa. O Odontólogo (não dentista) cobra por uma consulta.
    Consulta: pedido de parecer, de opinião dirigido a um especialista em determinado assunto.
    Ou seja, você está comprando um produto, que no ato seria um parecer sobre algo que te interessa!

    A razão mais importante ainda, é que talvez até por desconhecimento, muitos pacientes e jornalistas acreditam que a primeira consulta é apenas uma conversa, portanto não havendo custo, não existe razão para pagar por este serviço.

    ? importante esclarecer que mesmo que esta consulta fosse assim, como é feita por algumas especialidades de médicos clínicos, eles também cobram pelos seus serviços, até porque para conversar, diagnosticar e analisar é necessário muitos anos de estudo, Portanto, este profissionais cobram pelo seu conhecimento e pelo tempo. O mesmo acontece com os cirurgiões-dentista, passam vários anos na faculdade, Pós ??Graduações, Mestrados e Doutorados, além de dezenas de congressos de atualizações, portanto nada mais justo e correto do que cobrar por isto.

    Outro aspecto importante, é que a mais simples consulta odontológica envolve uma série de custos. Existe todo o custo de um consultório ou de uma clinica, diversos funcionários, auxiliares, técnicos, pessoal de limpeza, etc…. A grande maioria dos consultórios/clinicas tem, ou deveria ter, todo seu material esterilizado. E vários produtos são descartáveis como luvas, mascaras , gorros, etc…
    Enfim, não questionaria nenhuma pessoa, que cobre por uma consulta, até mesmo você, um “jornalista” que pode me vender um parecer (acessoria de imprensa) sobre algo que não tenho conhecimento ou que necessite.

    Sem mais.

    Atenciosamente

    C.D. Vitor Hugo Marçal de Carvalho

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 00:11
    Permalink

    Meu caro Cacau Menezes, não o conheço pois sou de Goiás, sou odontólogo, especialista em endodontia e mestre em ciências da saúde!
    Odontólogo: Latim: Odonto = dente. Logos = "Ciência", estudo.

    Fiquei indignado ao receber de um amigo que está em Florianópolis, uma foto de um comentário seu em um jornal desta linda cidade!
    O que me indignou, foi esse comentário vir de um "jornalista", pessoa que normalmente é estudada, formadora se opinião!
    Respondendo a seu comentário, se é que você irá ler esse email.

    Primeiramente,
    Orçamento:é o plano financeiro estratégico de uma administração para determinado exercício. Aplica-se tanto ao setor governamental quanto ao privado. Ou seja, quanto "você" tem disponível para gastar com determinado produto. Sendo assim, quem tem que pensar em orçamento é o cliente, se ele tem ou não condições orçamentarias para arcar com alguma despesa. O Odontólogo (não dentista) cobra por uma consulta.
    Consulta: pedido de parecer, de opinião dirigido a um especialista em determinado assunto.
    Ou seja, você está comprando um produto, que no ato seria um parecer sobre algo que te interessa!

    A razão mais importante ainda, é que talvez até por desconhecimento, muitos pacientes e jornalistas acreditam que a primeira consulta é apenas uma conversa, portanto não havendo custo, não existe razão para pagar por este serviço.

    ? importante esclarecer que mesmo que esta consulta fosse assim, como é feita por algumas especialidades de médicos clínicos, eles também cobram pelos seus serviços, até porque para conversar, diagnosticar e analisar é necessário muitos anos de estudo, Portanto, este profissionais cobram pelo seu conhecimento e pelo tempo. O mesmo acontece com os cirurgiões-dentista, passam vários anos na faculdade, Pós ??Graduações, Mestrados e Doutorados, além de dezenas de congressos de atualizações, portanto nada mais justo e correto do que cobrar por isto.

    Outro aspecto importante, é que a mais simples consulta odontológica envolve uma série de custos. Existe todo o custo de um consultório ou de uma clinica, diversos funcionários, auxiliares, técnicos, pessoal de limpeza, etc…. A grande maioria dos consultórios/clinicas tem, ou deveria ter, todo seu material esterilizado. E vários produtos são descartáveis como luvas, mascaras , gorros, etc…
    Enfim, não questionaria nenhuma pessoa, que cobre por uma consulta, até mesmo você, um "jornalista" que pode me vender um parecer (acessoria de imprensa) sobre algo que não tenho conhecimento ou que necessite.

    Sem mais.

    Atenciosamente

    C.D. Vitor Hugo Marçal de Carvalho

    Resposta
  • 22 de fevereiro de 2014 em 21:17
    Permalink

    Meu caro Cacau Menezes, não o conheço pois sou de Goiás, sou odontólogo, especialista em endodontia e mestre em ciências da saúde!
    Odontólogo: Latim: Odonto = dente. Logos = “Ciência”, estudo.

    Fiquei indignado ao receber de um amigo que está em Florianópolis, uma foto de um comentário seu em um jornal desta linda cidade!
    O que me indignou, foi esse comentário vir de um “jornalista”, pessoa que normalmente é estudada, formadora se opinião!
    Respondendo a seu comentário, se é que você irá ler esse email.

    Primeiramente,
    Orçamento:é o plano financeiro estratégico de uma administração para determinado exercício. Aplica-se tanto ao setor governamental quanto ao privado. Ou seja, quanto “você” tem disponível para gastar com determinado produto. Sendo assim, quem tem que pensar em orçamento é o cliente, se ele tem ou não condições orçamentarias para arcar com alguma despesa. O Odontólogo (não dentista) cobra por uma consulta.
    Consulta: pedido de parecer, de opinião dirigido a um especialista em determinado assunto.
    Ou seja, você está comprando um produto, que no ato seria um parecer sobre algo que te interessa!

    A razão mais importante ainda, é que talvez até por desconhecimento, muitos pacientes e jornalistas acreditam que a primeira consulta é apenas uma conversa, portanto não havendo custo, não existe razão para pagar por este serviço.

    ? importante esclarecer que mesmo que esta consulta fosse assim, como é feita por algumas especialidades de médicos clínicos, eles também cobram pelos seus serviços, até porque para conversar, diagnosticar e analisar é necessário muitos anos de estudo, Portanto, este profissionais cobram pelo seu conhecimento e pelo tempo. O mesmo acontece com os cirurgiões-dentista, passam vários anos na faculdade, Pós ??Graduações, Mestrados e Doutorados, além de dezenas de congressos de atualizações, portanto nada mais justo e correto do que cobrar por isto.

    Outro aspecto importante, é que a mais simples consulta odontológica envolve uma série de custos. Existe todo o custo de um consultório ou de uma clinica, diversos funcionários, auxiliares, técnicos, pessoal de limpeza, etc…. A grande maioria dos consultórios/clinicas tem, ou deveria ter, todo seu material esterilizado. E vários produtos são descartáveis como luvas, mascaras , gorros, etc…
    Enfim, não questionaria nenhuma pessoa, que cobre por uma consulta, até mesmo você, um “jornalista” que pode me vender um parecer (acessoria de imprensa) sobre algo que não tenho conhecimento ou que necessite.

    Sem mais.

    Atenciosamente

    C.D. Vitor Hugo Marçal de Carvalho

    http://www.vhendodontia.blogspot.com

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 00:24
    Permalink

    Não fazemos orçamento, fazemos consulta realizamos diagnostico, usamos um par de luvas para fazer o que esse cidadão desorientado chama de orçamento, estudamos 5 anos num curso caro com muitos investimentos. Não entendo qual a duvida dele? Será que o proprietário do espaço q alugo para minha clinica e meus funcionários aceitem a trabalhar sem receber. Ou será que o Cacau Menezes aceita fazer trabalho de caridade. "Pois acho um absurdo paga por serviços prestados" rsrsrsrs

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 00:48
    Permalink

    Quem sabe o Jornalista não vive naquele mundo, "o do conto de fadas"…. rs

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 01:34
    Permalink

    Uma coisa dessas é uma absurdo!

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 01:39
    Permalink

    Exatamente ! E nas consultas em geral fazemos um planejamento e que só pode ser feito por quem estudou e muito ! Absurdo é planejar , diagnosticar de graça! Cada uma viu ….

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 02:00
    Permalink

    Manifesto por uma Odontologia baseada no Bom Senso.

    Nota Oficial do CRO-SC.

    Prezado Cacau Menezes.

    Sobre a nota ??Orçamentos? publicada na sua coluna no jornal Diário Catarinense, esclarecemos que nenhuma norma, lei, regra, código, portaria, resolução, acordo, regimento ou coisa que o valha, foi modificado em 2013, que alterasse a relação dos cirurgiões dentistas com seus pacientes no aspecto de orçamentos ou consultas. Cabe informar que pela lei 5081/66, que regulamenta o exercício da odontologia, nunca foi permitida a prestação de serviço gratuito em consultório particular (art. 7º, e) e que pelo Código de ?tica Odontológica é uma infração divulgar ou oferecer consulta e diagnóstico de forma gratuita (Art. 20, IX). Todo trabalhador deve receber por seus serviços. Entendemos que é um direito do profissional estabelecer honorários por seu tempo de trabalho e principalmente por seu conhecimento, da mesma forma, que em outras profissões, onde se cobra por consulta ou atendimento, independente se haverá ou não contratação. Lamentamos que sua fonte desconheça esses fatos e, caso queira, estamos a disposição através de nossa ouvidoriahttp://www.crosc.org.br/ouvidoria/ , no email crosc@crosc.org.br ou por telefone 48 32224185. Esperamos que haja uma nota de reparação aos danos causados a classe Odontontológica.
    Att.,
    CRO-SC.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 02:48
    Permalink

    Fala que estou disposto a cobrar um valor simbólico para exodontias totais das duas arcadas e confecciono uma prótese total inferior somente para ele aprender a "domar" a lingua e não falar asneira.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 03:49
    Permalink

    Muito obrigada por sua resposta muito polida na foto publicada por Mariléia. Espero que voces tenham os meios de conduzir essa resposta para que seja lida pelo próprio Cacau e que assim ele se aperceba de sua vergonhosa ignorância.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 04:20
    Permalink

    Pois é meu caro Cacau Menezes. Estudamos por vários anos numa universidade cara pra caramba e muitos profissionais continuam se aperfeiçoando para que possamos diagnosticar,planejar o tratamento e oferecer o melhor para o nosso paciente. Nada disso nos saiu de graça.Conhecimento custa caro e portanto nada mais justo que se cobre por ele. Um bom profissional valoriza o seu trabalho e principalmente seu conhecimento.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 12:29
    Permalink

    santa ignorância

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:23
    Permalink

    Será que ele pede para o ginecologista da mulher ou da filha dele dar uma olhadinha e fazer um orçamento sem cobrar a consulta? Desculpe a grosseria, foi só para fazer uma comparação a respeito da importância do diagnóstico. Este ignorante acha que as sequelas da doenças e a doença é a mesma coisa. Acha que somos pedreiros de dente, e que o reparo restaurador cura a doença.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:23
    Permalink

    Será que ele pede para o ginecologista da mulher ou da filha dele dar uma olhadinha e fazer um orçamento sem cobrar a consulta? Desculpe a grosseria, foi só para fazer uma comparação a respeito da importância do diagnóstico. Este ignorante acha que as sequelas da doenças e a doença é a mesma coisa. Acha que somos pedreiros de dente, e que o reparo restaurador cura a doença.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:23
    Permalink

    Caro Cacau Menezes, se não pode pagar por uma consulta particular sugiro que procure um posto de saúde, lá poderá ter consultas e inclusive o tratamento sem custo algum.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:29
    Permalink

    Esse senhor lamentavelmente é um sonhador a busca de manchetes para promoção pessoal. Demonstra uma total insensibilidade e ignorância em relação a sua saúde, aliás, como estará a sua saúde? Pense um pouco mais e faça um jornalismo em cima de fundamentos que tragam construção e estimulem o conhecimento.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:30
    Permalink

    Se ele vai ao dermatologista saber se aquela manchinha é um câncer e o médico diz que não é nada, o sujeito não paga a consulta? Será que ele acha certo escrever no

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:30
    Permalink

    Se ele vai ao dermatologista saber se aquela manchinha é um câncer e o médico diz que não é nada, o sujeito não paga a consulta? Será que ele acha certo escrever no

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:32
    Permalink

    Absurdo é vc estudar tantos anos e um cidadão como este achar que vc tem que transmitir teu conhecimento de graça. Ngm faz nada de graça. Não sou dentista, mas acho que ainda cobram pouco pela consulta!

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:34
    Permalink

    Só para complementar… Em odontologia não se faz "ORCAMENTO" faz se um PLANO DE TRATAMENTO com ESTIMATIVA DE CUSTO. Que Deve ser cobrado segundo consta no CEO.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 13:59
    Permalink

    Se ele ainda tem dente tomara que tenha uma dor daquelas que costuma mostrar o valor de um dentista. Diz a ele para fazer uma matéria sobre quanto custa ser dentista, e com especialização então…. e um verdadeiro ………

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 14:44
    Permalink

    Acho que vc não leu o comentário do Braulio com muita atenção!!! Aquelas são palavras do próprio presidente do CRO-SC, Elito Araujo!

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 14:49
    Permalink

    BEM ISSO MESMO,DENTISTA NAO “DÁ UMA OLHADINHA“,APESAR Q TEM GTE Q PEDE ISSO,NO MEIO DA RUA,NO SUPERMERCADO,DENTISTA DIAGNOSTICA,FAZ PLANEJAMENTO E EXECUTA,MAS QUEM PENSA DESSE JEITO NEM MERECE DENTISTA FORMADO E SIM PRATICOS COMO A GTE VE POLICIA PRENDENDO NO EXERCICIO ILEGAL DA PROFISSAO

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 15:21
    Permalink

    Logicamente nós cirurgiões dentistas exercemos a Odontologia como hobbie, mero passatempo, assim como quem joga uma pelada, não como profissão, mas é um passatempo caro, afinal o investimento de tempo, financeiro e dedicação só valem para o nosso prazer pessoal. Nossa renda vem de outras fontes, mas com certeza sr. Cacau Menezes não precisamos puxar o saco e muito menos lamber a bunda dos tais "Vips" em busca de exibicionismo e auto-promoção para ganharmos a vida, afinal a gente sabe fazer alguma coisa, vai trabalhar …. que é muito mais digno!

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 15:39
    Permalink

    Bem normal pra um jornalista que falou mal de um restaurante só por que teve que pagar a conta… "onde já se viu" só por que comeu tem que pagar??? hehehehe

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 19:29
    Permalink

    Muito pouco. Precisamos exigimos do CRO uma postura mais firme e enérgica. O Sr. Presidente utilizou palavras brandas . Aproveitem a oportunidade que se abre para nos defender diante de tal absurdo. . ? população colocando aparelho na 25 de março, ginecologista tirando dúvidas sobre cárie, e um colunista besta dizendo que dentista deve trabalhar de graça. Esperamos do conselho uma nota oficial, em alto e bom som.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 20:14
    Permalink

    ?….tive o desprazer de conhecer esta criatura em 1997 quando fazia especialização na UFSC. Na época fazia comentários desagradáveis contra os gaúchos porque com todo aquele calorão tomavam chimarrão. Mas por outro lado ele organizava em pleno verão uma feijoada beneficente. Escreveu na sua coluna contra uma pessoa que ele considerou drogada só porque critiquei as músicas que ele como DJ estava colocando e depois de 2hs ninguém estava dançando. O colega dele mudou o som e a pista lotou. Quando ele reassumiu com a droga de musica ruim comecei a fazer um movimento na pista e todos paravam de dançar. Assim foi por toda a noite. No outro dia escreveu uma crônica sobre pessoas que se drogam e vão pra noite. Não contente falou toda a semana na TV. Como não citava nomes não acioná-lo. E agora o estúpido sai com esta pérola. Não dá pra levar a sério alguém que vive de favores pra se manter em uma coluna de fofocas.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 22:20
    Permalink

    Marco Antônio Mendes Realmente sempre achei um pessimo jornalista. morei 10 anos em SC e era o pior comentarista.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 22:38
    Permalink

    Eu sou mais radical. Temos que fazer " nesse senhor" uma extraçäo sem anestésia. Como ñ podemos cobrar! ah

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 22:42
    Permalink

    Certamente ele tem essa postura simplesmente porque a sua profissão não exige nenhum tipo de formação ou conhecimento. Ele não investiu um único real para se tornar colunista social, diferentemente dos dentistas…

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 22:42
    Permalink

    Absurdo é se uma publicação como esta tiver a aceitação pública!

    Resposta
  • 24 de fevereiro de 2014 em 13:41
    Permalink

    Moro em SC, e conheço o Cacau Menezes da tv. Sinceramente, não percam o tempo de vc´s com ele. ? o tipo de pessoa que não acrescenta nada de bom ao mundo!

    Resposta
  • 25 de fevereiro de 2014 em 01:26
    Permalink

    MAS ESSE CARA N?O DEVE SER DE SANTA CATARINA, SE FOR, PEDIMOS DESCULPAS AO RESTO DO PAIS. MAS TEM QUE CAGAR FORA DO PINICO, N?O APRENDEU QUE BOCA FECHADA N?O ENTRA MOSQUITO, SE N?O SABE DO ASSUNTO, RESERVE SE O DIREITO DE FICAR EM SILENCIO, ? MAIS BONITO.

    Resposta
  • Pingback: Segundo jornalista, Dentista deveria trabalhar de graça | DicasOdontoDicasOdonto

  • 25 de fevereiro de 2014 em 15:11
    Permalink

    N consigo crer q uma pessoa que se diz tão bem relacionada, cercada d tantos amigos ricos e bem sucedidos, como um "cover d Amauri Jr" esteja questionando o fato d ter q pagar por uma consulta d avaliação, n sou dentista, trabalho c alguns e tenho discernimento suficiente p saber q nenhum bom profissional, seja ele d qlq área, tenha q prestar serviços d graça à alguem, especialmente em se tratando d área da saúde … qdo profissionais ou pessoas querem realizar um trabalho sem custo procuram uma ONG ou uma ação filantrópica p executa-lo … por isto é totalmente hilário este questionamento… se n pode pagar pelos serviços, procure o serviço público, ou quem sabe algum "amigo rico" p custear o tratamento (incluindo a consulta d aval) . quem n tem competência n se estabelece.

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 09:07
    Permalink

    eu ficaria impressionado se alguém que tivesse intelecto escrevesse isso … mas vindo de um ser portador de uma estupenda ignorância, é só mais uma nota sem valor … impressionante como que uma empresa de renome catarinense publica tanta besteira, ou como mantém um tremendo ignorante em seu grupo de empregados

    Resposta
  • 26 de fevereiro de 2014 em 23:58
    Permalink

    A ignorância é tanta que custo acreditar que uma asneira dessas tenha sido dita por um colunista de jornal. Devia ter vergonha na cara e se retratar frente a comunidade odontológica.

    Resposta
  • 27 de fevereiro de 2014 em 00:02
    Permalink

    Absurdo é esse tipo de pensamento. Pelo jeito, esse aí deve pedir carona pra taxista também.

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2014 em 12:50
    Permalink

    Não sou dentista e nem relacionado com a área, mas por que os médicos podem cobrar consultas caríssimas e dentistas não podem? Já vi estilistas e afins também cobrando por consultas para atender um cliente que quer fazer um vestido e olha que não necessariamente irá fechar um contrato com a pessoa! O que deixa a pensar "Por que o dentista que estudou bastante, fez um curso superior tem que ser desvalorizado e ter OBRIGA??O de atender qualquer paciente de graça e outros profissionais que as vezes não tiverem que estudar tanto pode cobrar uma consulta e ninguém reclama?" Se é pra acabar com a consulta, acabe com todas as classes profissionais! Não desvalorizem o serviço alheio!

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2014 em 13:13
    Permalink

    Faço das suas, minhas palavras…

    Resposta
  • 17 de novembro de 2014 em 18:32
    Permalink

    cara de pau de quem concorda com essa prática abusiva.. não tem nada a ver com "remunerar o trabalho do profissional".. isso é uma apropriação indébita, um roubo.. neste momento eu pretendo contratar o serviço de implante dentário, um serviço que custa mais de R$ 5 mil reais (no meu caso, provavelmente) e não consigo obter o preço, não posso comparar marcas, procedimentos, nada, a não ser que eu concorde em pagar de R$ 100 a R$ 250 para cada profissional que eu fizer a pergunta.. isso é ridículo.. já que é assim, deveria valer para todos, em qualquer lugar.. aí quando o cara for comprar alface na feira o feirante cobra R$ ,50 antecipado, abatidos caso se feche o negócio.. fala sério..

    Resposta
  • 29 de julho de 2015 em 18:39
    Permalink

    Boa Tarde,
    Infelizmente há casos e “casos”..
    Nunca fui cobrado por consulta, porém vi que minha filha pequena estava com uma cárie..
    Liguei para um profissional onde expliquei que ela estaria com uma cárie e gostaria de agendar a para procedimentos, restauração, enfim..
    Marcado horário não foi me dito NADA a cerca da cobrança de qq taxa…
    Entrei no consultorio e estranhei que não pediram nenhum documento..nada..a dentista olhou ..avaliou a situação e escreveu um orçamento e saiu…deixando o orçamento com a secretaria.
    Não foi feito qualquer procedimento, sendo que já fiquei frustado pois queria solucionar o problema o quanto antes…
    Quando a secretaria me chama pra passar o orçamento e me informa que para realizá-los teria que retornar outro dia e me cobra uma taxa de r$100,00 pelo nem 15 min que a dentista olhou e falou comigo..
    Nem sequer ela estava neste momento…
    Fiquei revoltado, argumentei que não havia me falado nada por telefone e pior NEM PESSOALMENTE, não havia NENHUM papel , cartaz enfim NADA que informasse que NADA.
    Fui la´para resolver a questão da cárie e olham pra acara da minha filha saem e me cobram cem reais?
    Poque já não fez o procedimento então que ela mesmo havia orçado em 190?
    FIQUEI INDIGNADOOOOOO….Me desculpem os demais profissionais da área, mas isso É UM ABSURDO!
    Não o fato de cbrar a consulta em si, mas o fato de
    NÃO INFORMAR O CLIENTE…Atendê-lo não informando nada, não fazendo o que o mesmo já sabia.!(que se tratava de uma cárie e necessitava de uma restauração!) ISSO EU QUE SOU LEIGO JÁ SABIA!!!!!!!Achei o fim da picada!!!!

    Resposta
  • Pingback: Apelo de uma dentista recém-formada - Vida de Dentista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *