10 motivos para você NÃO fazer Odontologia


odonto nãoTodos os dias (e juro que isso acontece todo santo dia) me aparece um ou mais jovens, seja no email ou através da fanpage do VDD no Facebook, me perguntando sobre como a Odontologia está hoje em dia, se o salário é bom, qual é a matéria mais cobrada na faculdade, se tem que mexer com sangue obrigatoriamente, entre outras centenas de dúvidas que atormentam as pobres cabecinhas adolescentes que, tão jovens, já são obrigadas a escolher o que vão ser pro resto da vida.

Mesmo sabendo que já fiz um texto respondendo sobre a parte financeira de se fazer um curso de Odontologia, sinto-me na obrigação de esmiuçar mais essas dúvidas e criei uma lista com 10 motivos para você NÃO fazer Odontologia. Uma humilde colaboração pra você, quem ainda tem dúvidas sobre seguir ou não por essa Vida de Dentista.

1) –  Não faça Odontologia se você espera ficar rico  A maioria de nós consegue levar uma vida boa, acima da média, porém, sem extravagâncias. Outros poucos chegam até a ficar ricos com a Odontologia, mas eles são a exceção, e não a regra. Na verdade, não faça nenhum curso no mundo visando retorno financeiro. Dinheiro não compra (e nem manda buscar) a felicidade.

2) – Não faça Odontologia se você tem medo de sangue – O nome do profissional da Odontologia é CIRURGIÃO-DENTISTA. Cirurgião vem de cirurgia. Cirurgias envolvem sangue. Captou ??? Mas acredite, sangue não é o fim do mundo. Não é possível formar-se dentista sem passar por clínicas que envolvem procedimentos que envolvem sangue. Se alguma faculdade der o diploma a alguém que nunca extraiu um dente eu mesmo vou lá e dinamito tudo durante a madrugada. Se de tudo você não suportar mesmo, e quiser trabalhar com dentes, você pode ser protético. Os melhores ganham tão bem quanto os melhores dentistas.

3) – Não faça Odontologia se você tem preguiça – Se eu pudesse definir um antônimo para Odontologia esse antônimo seria “preguiça”. Nenhuma área da nossa profissão aceita malandragem. Portanto, só faça Odontologia se você não tem medo de serviço e muito menos costuma “varrer sujeira pra baixo do tapete”. Na Odontologia, quando você faz isso, a sujeira mais cedo ou mais tarde costuma te visitar, quando você menos espera, acompanhada por seu dono e o advogado dele.

4) – Não faça Odontologia por amor – Acredite, você adolescente não ama a Odontologia. Na verdade você nem imagina o que na real é a Odontologia. Muitos alunos do 1º ano de Odonto não imaginam também. Você pode E DEVE fazer Odonto por se identificar com a área, mas amar amigo(a), você não ama. Os antigos dizem que “não se conhece e nem se ama alguém até que se coma com essa pessoa ao menos um quilo de sal”. Na Odonto é mais ou menos assim. Você só adquire o direito de dizer que AMA a Odontologia depois de conviver um tempo razoável com ela. Não profane esse sentimento. Nenhum vestibulando ama nenhum curso. Não se iludam.

5) – Não faça Odontologia se você não gosta de gente – É prezado pleiteante a futuro colega, não seja besta de fazer Odontologia se você não gostar MUITO de gente. Do próximo. Daquele que te procura ás vezes com a maior dor que já sentiram na vida esperando de você, além de uma solução para o fim daquele tormento, um pouco de compaixão e carinho. Se você gosta de gente metade do caminho para ser um excelente dentista você já percorreu.

6) – Não faça Odontologia se você não gosta de estudar – Parece meio óbvio, mas é necessário bater nessa tecla. Uma profissão como a nossa, que vive em constante atualização, graças à Deus, exige dos que a ela se dedicam bem mais que a tal paciência de um monge. Você precisa estudar MUITO. Na graduação e principalmente depois dela. Já você que quer ser dentista e que adora estudar, “welcome to paradise”.

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  • 3.6K
  • 20
  •  
  •  
  •  
  • 1
  •  

Comente

Comentários


41 comentários em “10 motivos para você NÃO fazer Odontologia

  • 6 de agosto de 2013 em 20:42
    Permalink

    Vou começar o curso de Odonto nesse mês de agosto, e confesso que depois de ler esse post, fiquei esperançosa. Apesar de estar ciente das dificuldades que vem por aí. Espero um dia também poder dizer que Amo essa profissão, esse curso. *u*

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 20:42
    Permalink

    Vou começar o curso de Odonto nesse mês de agosto, e confesso que depois de ler esse post, fiquei esperançosa. Apesar de estar ciente das dificuldades que vem por aí. Espero um dia também poder dizer que Amo essa profissão, esse curso. *u*

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 20:42
    Permalink

    Vou começar o curso de Odonto nesse mês de agosto, e confesso que depois de ler esse post, fiquei esperançosa. Apesar de estar ciente das dificuldades que vem por aí. Espero um dia também poder dizer que Amo essa profissão, esse curso. *u*

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 20:42
    Permalink

    Vou começar o curso de Odonto nesse mês de agosto, e confesso que depois de ler esse post, fiquei esperançosa. Apesar de estar ciente das dificuldades que vem por aí. Espero um dia também poder dizer que Amo essa profissão, esse curso. *u*

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 20:42
    Permalink

    Adorei seu trabalho para orientar os novos interessados na odontologia. Minha filha é cirurgiã dentista (orto)em São Paulo e ama o que faz, muito embora ainda não tenha tido condições de ficar rica (rs.rs, rs), consitutiu uma lina familia, vivendo bem e confortalvelmente , mas trabalhando a beça.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 20:49
    Permalink

    kkkkkkk muito massa… descreveu tudo nos minimos detalhes… é bem essa nossa vida viu muito difícil mas muitas vezes recompensadora.. 😉

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 21:02
    Permalink

    Parabéns! Sou Dentista, Atleticano…. sofredor nato, mas persisto naquilo que acredito e sei fazer! Como em toda arte, para de ser fazer Odonto, acima de tudo, tem que ter Dom! Receber como o melhor pagamento o sorriso do paciente além de seu agradecimento. 🙂

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 22:11
    Permalink

    Bem dito, pura verdade, a unica coisa que estragou é vc ser Atleticano, com todo meu respeito sou Cruzeirense, Meneiroca, pois moro no Rio a 36 anos , sou Protetico, Cirurgião dentista e Implantologista. Parabéns pelo Blog , e Cordialmente meu abraço.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 22:16
    Permalink

    Adorei o post, identificou muito bem a "dor e a delícia" de ser dentista. só faltou comentar dos nossos pequenos problemas ortopédicos que mais cedo ou mais tarde irão afligir o cirurgião-dentista… bursites, hérnias de disco, tendinites, entre outras "ites"… O que eu sempre digo para minha filha é: cada pessoa nasceu com um talento, só nos resta durante a vida descobrir qual o nosso. Posso dizer que hoje, após quase 18 anos de profissão, que meu talento é ser dentista, ou melhor, endodontista e eu amo ser o que sou e fazer o que faço! Abraço a todos os colegas que também amam a odontologia!

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 23:22
    Permalink

    Bom definitivamente odontologia e p quem tem paciencia e muita em todos os sentidos:Ex:paciencia com caloteiro,indecisos,impacientes,ladroes,picaretas,odores fetidos,situacoes de estress,dores no corpo todo…..e se preparem para um trabalho semelhante ao de um lavrador que nao e reconhecido.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 23:22
    Permalink

    Bom definitivamente odontologia e p quem tem paciencia e muita em todos os sentidos:Ex:paciencia com caloteiro,indecisos,impacientes,ladroes,picaretas,odores fetidos,situacoes de estress,dores no corpo todo…..e se preparem para um trabalho semelhante ao de um lavrador que nao e reconhecido.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 23:30
    Permalink

    Ainda bem que minha área é TI, consegui uma fórmula para driblar os caloteiros, comigo eles não tem vez. Odores, não tenho contato pessoal com meus clientes, só por e-mail, já a dor no corpo, só uma bela massagem msm.

    Resposta
  • 6 de agosto de 2013 em 23:52
    Permalink

    Perfeito.Sou dentista há 30 anos e ainda estou com um caso de amor por esta profissão, segui os passos do meu pai, fui cobrado pelo talento profissional que o velho tinha, não sei se minha filha (estudante de odonto) terá a mesma cobrança que tive…provavelmente não!

    Resposta
  • 7 de agosto de 2013 em 15:16
    Permalink

    Concordo em gênero, número e grau.
    Parabéns pelo texto!

    Resposta
  • 10 de agosto de 2013 em 09:05
    Permalink

    Procurando sobre facetas, cheguei aqui. Ri muito, é isso mesmo! Não sou dentista, sou paciente tardia, que precisou fazer ortodontia, fono, implantes, etc, já tendo passado dos 50 anos. Um s.c., só suportável pela alegria de viver dos dentistas. Demorou uns 4 anos e ficou ótimo, fazendo-me cada vez mais grata pelo bem que me fizeram. Felicidades, vocês merecem. Mas tinha que ter um defeito, né? ( Galôô! )Mas sendo dentista, dá para relevar!
    Um abraço e felicidades!

    Resposta
    • 14 de agosto de 2013 em 10:20
      Permalink

      Pô Maria … ser Galo é uma baita qualidade minha … abração e obrigado pela simpatia 😀

      Resposta
  • 10 de agosto de 2013 em 17:04
    Permalink

    # Só aprendi a amar depois que conheci. E amar, ao contrário do que muitos pensam, não é admirar sempre, estar feliz com aquilo sempre, estar satisfeito sempre; admiração, felicidade e satisfação fazem parte, mas amar é, além disso tudo, reconhecer e admitir que mudanças, melhorias e renovações devem ser feitas constantemente porque nada na vida é totalmente perfeito, e a odontologia não é exceção. Saber extrair dela as melhores coisas ajuda a sustentar o amor a ela, bem como aceitar seus defeitos incorrigíveis ou corrigir os defeitos que podem ser corrigidos. 🙂

    Resposta
  • 10 de agosto de 2013 em 17:06
    Permalink

    "Não faça Odontologia por amor ?? Acredite, você adolescente não ama a Odontologia. Na verdade você nem imagina o que na real é a Odontologia. Muitos alunos do 1º ano de Odonto não imaginam também. Você pode E DEVE fazer Odonto por se identificar com a área, mas amar amigo(a), você não ama. Os antigos dizem que ??não se conhece e nem se ama alguém até que se coma com essa pessoa ao menos um quilo de sal?. Na Odonto é mais ou menos assim. Você só adquire o direito de dizer que AMA a Odontologia depois de conviver um tempo razoável com ela. Não profane esse sentimento. Nenhum vestibulando ama nenhum curso. Não se iludam."

    # Só aprendi a amar depois que conheci. E amar, ao contrário do que muitos pensam, não é admirar sempre, estar feliz com aquilo sempre, estar satisfeito sempre; admiração, felicidade e satisfação fazem parte, mas amar é, além disso tudo, reconhecer e admitir que mudanças, melhorias e renovações devem ser feitas constantemente porque nada na vida é totalmente perfeito, e a odontologia não é exceção. Saber extrair dela as melhores coisas ajuda a sustentar o amor a ela, bem como aceitar seus defeitos incorrigíveis ou corrigir os defeitos que podem ser corrigidos. 🙂

    Resposta
  • 7 de outubro de 2014 em 16:57
    Permalink

    Sou estudante de Odonto e estou no 1º período, sempre foi um sonho está aqui, não tenho influência nenhuma na família. Foi uma escolha minha e cada vez mais estou apaixonada pela profissão, tenho certeza que nunca vou me arrepender da minha escolha.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2014 em 13:55
    Permalink

    muito bom gostei da dica me incentivou mais a querer a ser dentista e me dedicar a profissão com muita vontade e prazer para que essa frase eu posa falar "o sucesso do trabalho está no exercício do amor e da perseverança". 🙂

    Resposta
  • 21 de dezembro de 2014 em 00:49
    Permalink

    Olá! gostei bastante das orientações, agora estou mais certa de que realmente é isto que quero para a minha vida profissional. Parabéns pelo blog!!

    Resposta
  • 27 de janeiro de 2015 em 10:48
    Permalink

    Adorei o blog…
    Vou iniciar Odontologia, já possuo familiares na área.
    Acredito que tudo que se faz com amor e dedicação você será reconhecido.
    Tanto financeiramente como profissionalmente, será visto como referencial.

    Resposta
  • 16 de maio de 2015 em 00:24
    Permalink

    Oi Fabricio! Venho no teu blog pra tentar achar uma luz, bom eu faço medicina veterinária atualmente e não me encontrei, gosto de odontologia e pretendo trocar de curso, mas tenho aquele medo de me decepcionar de novo. Pelos teus 10 motivos, eu curti o curso, não o amo é claro, mas tenho vontade de tentar.

    Não olhei o blog inteiro ainda, mas podes me dizer como é a área para perito ? e os concurso na área de odonto e também odontopediatria? Obrigada! (se tiver links de posts já,desculpa!)

    Obrigada desde já!

    Resposta
  • 17 de junho de 2015 em 17:17
    Permalink

    Oi gente eu fui dentista.e todo texto é verdade. Não tinha tino comercial. Não conseguia ficar trancada numa sala sozinha trabalhando sem parar.e não foi dito aí o barulho do motor irrita. Pronto falei

    Resposta
  • 17 de junho de 2015 em 16:32
    Permalink

    Muito bom o texto! Novamente, parabéns pelo site.

    Resposta
  • 17 de junho de 2015 em 18:21
    Permalink

    MUITO BOM PARABENS EXELENTE BLOG MAS SOU PALMERENSE DE VIDA E CORAÇÃO

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *