Aparelhos Autoligados

braquete autoligado
Modelo atual de um braquete autoligado

Os aparelhos ortodônticos autoligados (ou auto-ligados, ou autoligáveis) são aqueles onde os braquetes não precisam de ligaduras elásticas (as famosas borrachinhas de aparelho) para manter o fio, ou arco ortodôntico, preso ao aparelho. Cada peça possui uma trava que pode ser passiva ou ativa, para prender o arco em seu interior.

Isso propicia várias vantagens aos pacientes que o utilizam:

                • Diminuição do atrito. Maior rapidez na movimentação
                • Melhora no hálito (sem as borrachinhas fica mais fácil higienizar)
                • Redução do número de visitas ao consultório
                • Menor necessidade de extrações
russel dispositivo
Dispositivo de Russel

Mas engana-se quem pensa que essa idéia é nova.

Apesar de só ter caído nas graças dos fabricantes de aparelhos recentemente, o primeiro aparelho que dispensava o uso das borrachinhas, surgiu em 1935 e chamava-se “Dispositivo de Russel”. 

Portanto, há mais de 70 anos, esse conceito autoligado já fazia parte do arsenal ortodôntico. Provavelmente só não se desenvolveu antes em devido ao alto custo e fragilidade das peças devido às limitações na linha de fabricação.

Justamente por conta da agilidade na movimentação dos dentes, o período de tratamento pode ser diminuído, principalmente em casos mais simples. Outra vantagem é que as manutenções podem ser feitas em intervalos maiores, entre oito e 12 semanas quando no aparelho convencional as visitas ao dentista ocorrem em intervalos de um mês.

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

7 comentários em “Aparelhos Autoligados

  • 29 de março de 2013 em 00:19
    Permalink

    Com toda certeza Fabrício é o aparelho do momento e dos próximos anos,nas suas versões metálicas e estéticas

    Resposta
    • 30 de março de 2013 em 18:21
      Permalink

      tas tão enganado! sistema Damon! já usamos lá na clínica! A terceira não tá assim tão atrasada!

      Resposta
  • 17 de maio de 2013 em 12:25
    Permalink

    No consultorio onde passo,a maioria está usando o autoligado.

    Resposta
  • 20 de junho de 2013 em 18:32
    Permalink

    Uso aparelho autoligado, mas como mudei de cidade tive que mudar de dentista. Estou com ele ja

    Resposta
  • 2 de agosto de 2013 em 20:38
    Permalink

    Adorei o comentario. Foi ele inclusive que me motivou a arriscar nesta " nova" tecnologia, apesar de ser mais caro. Portanto, agora que coloquei estou tendo muitas duvidas a respeito de como ele funciona, visto que nao há necessidade de anel para fixar o fio. Inclusive meu fio está solto até do ultimo dente, isso é normal? Agradeço se puder me ajudar.

    Resposta
  • 23 de fevereiro de 2014 em 00:42
    Permalink

    Não precisa da banda não? Aquele anel metálico no último dente? E os efeitos como estão indo? o.O

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *