16 comentários em “A razão pela qual os dentistas choram #9

  • 24 de maio de 2012 a 20:24
    Permalink

    Q ortodontista foi esse q pediu p extrair esses dentes?! Quem agendou esse paciente no último horário?!

    Responder
    • 24 de maio de 2012 a 22:28
      Permalink

      Meu caro… A cirurgia não entende de orto, veio o pedido assinado e carimbado pelo ortodontista… o bicho vai pro balde! Quanto a marcar o último horário, se você não tem uma secretina, um dia você vai ter!

      Responder
    • 25 de maio de 2012 a 15:55
      Permalink

      Carlos Wagner Daher, escrevi isso pq talvez seria o meu pensamento durante uma extração assim. Só brinquei com a situação do mesmo jeito q todos brincamos quando dizemos q qualquer dentista chora quando uma coisa dessa acontece no nosso consultório. Foi uma simples brincadeira!!!! Ou aqui ninguém nunca fez uma exodontia no último horário e deu errado?! Ou aqui ninguém nunca pensou: "Por q cmg? Por q esse ordontontista não escolheu outro dente? Por q logo hoje um caso assim?" Só continuei a brincadeira… Sei q a cirurgia não entende de Ortodontia e, graças a Deus, tenho uma secretária e não secretina.

      Responder
    • 25 de maio de 2012 a 16:17
      Permalink

      Como diz Luís Carlos: "Que delícia ainda mais na sexta à tarde!" E eu completo: sexta à tarde e no último horário!!! rsrsrs

      Responder
  • 24 de maio de 2012 a 19:37
    Permalink

    na próxima vez, me chama, Carlinhos…te ajudo a rancar esses bichinhos fofos sem choro =P

    Responder
  • 25 de maio de 2012 a 06:17
    Permalink

    Tá reclamando de quê ? Três raízes retinhas, sem dilaceração apical. Prá chorar mesmo é quando tem dilaceração e o ápice, “um ganchinho”, voltado para língual (na radiografia periapical a raiz aparece retinha, parecendo um prego…lisa…). Você se mata, “balança” o dente e ele não sai, você “corta” o dente, e a raiz não sai…rsrsr. Aí vc pensa…”prá que merda fui meter mão nesse dente agora ????”.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *