Artigos relacionados

5 Comments

  1. 1

    silvane

    Um lindo poema absolutamente pertinente…pena que os nossos queridos colegas que fazem isso, n√£o leiam seu blog ou vistam a carapu√ßa.
    Sucesso. Beijos, sil

    Reply
  2. 3

    Clayton Slayer

    Concordo com o poeminha acima, mas lembro: temos que ser √©ticos tamb√©m com nossos pacientes, que s√£o o lado hipossuficiente da moeda. Se tem uma barbeiragem na boca, quem vai dizer a ele, se n√£o o dentista? Claro que h√° um modo √©tico e educado de se contar. √?tico, mas sem esconder absurdos do meu paciente.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *