Os Especialistas ?? PERIODONTISTA

TÁRTARO“Essa não é mais uma carta de amor. Só que é. Todo mundo já sabe que eu faço endo, então dessa vez não é puxar a sardinha pra minha brasa. Só que é também.

EU AMO MEU PERIODONTISTA. Sério. Não tem como trabalhar sem ele. Olha, eu sei que todas as áreas da Odontologia são inter-relacionadas, mas a perio é diretamente ligada a TODAS, sem exceção. Não é como os implantodontistas que querem ver os endodontistas pelas costas, extraindo nossos queridos objetos de trabalho… (brincadeirinha!) Não tem endodontia bem feita sem uma terapia periodontal, nem isolamento absoluto que pare. Não tem dentística que fique bem sem arquitetura gengival, não tem prótese que pare em dente com bolsa nem mobilidade, não tem ortodontia que dê resultado, não tem cirurgia que cicatrize nem implante que ósseo-integre.

Perio: Te amo, mas não te faço. Só preciso de você avidamente.  Tenho problemas com perio desde a faculdade, quando a gente tinha UM aparelho de ultra-som pra turma toda, então a gente fazia raspagem na mão. Com aquele monte de curetas Gracey numeradas que pra mim não correspondiam com as faces que deviam raspar. E que bosta de serviço duro, de usar 5 curetas pra raspar o tártaro da boca toda, uma pra face distal, outra pra mesial, outra pra vestibular… Que SACO. Depois de algum tempo descobri que as McCall facilitariam MUITO minha vida, mas aí já era tarde. A graduação já tava acabando e eu já tinha adquirido essa birra de perio.

Graças à minha graduação, minha visão de periodontia era vesga. Pra mim a perio podia mudar de nome e chamar RASPODONTIA. Pai de amor, como eu raspava. Mal. Além disso, algumas gengivectomias,um ou dois aumentos de coroa e foi isso. Assim, nunca consegui me ver fazendo algum curso de periodontia.E nem imaginava que existia plástica periodontal, arquitetura gengival… Bom pra vocês periodontistas, que ficarão ricos sem minha concorrência!

Outro sério problema MEU (MEU em capslock pra não tomar pedrada nos comentários) com periodontia: Fui assistir a um enxerto de conjuntivo. Super útil, necessário e tal, mas não consegui ver a diferença entre o conjuntivo doador e uma pelanca. ? só uma pelinha, PELO AMOR DE DEUS! Como é que vocês, periodontistas, conseguem ver, separar direitinho, e ainda colocar na área receptora e fazer essas coisas pararem E A GENGIVA CRESCER? David Copperfield não consegue fazer essa mágica.E o tal do cimento cirúrgico que parece chiclete PingPong de tão preguento? Parabéns, viu!

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

25 comentários em “Os Especialistas ?? PERIODONTISTA

  • 5 de março de 2012 em 16:43
    Permalink

    kkkkk…ohhhhhh meu Deus!!! na minha graduação a pério tb nunca foi muito querida….mas acho que tudo é questão de dom sabe!! EU não curtou muito endo, não sei pq, as pessoas adoram endo, EU não, mas me dou muito bem com a "pelinha" que vc disse ai em cima!!kkkk….o que seria do amarelo se todos gostassem do azul não é mesmo???….o importante é reconhecer que todas as especialidades são necessárias e o que importa não é qual área vc atua mas que vc tenha amor naquilo que faz!!! :)

    Resposta
    • 14 de abril de 2012 em 02:27
      Permalink

      Eu gosto do Max Control, clorexidine 0,12 % em gel. kkk

      Resposta
  • 5 de março de 2012 em 13:45
    Permalink

    Só uma correção: JAMAIS SEREI ATLETICANA. Meu sangue é AZUL CELESTE e o CRUZEIRO do SUL está tatuado no meu coração.

    Resposta
    • 5 de março de 2012 em 13:50
      Permalink

      Jura ??? Escrevendo bonito assim e mostrando ter sido bem alfabetizada eu jurava que você era atleticana 😀

      Resposta
      • 5 de março de 2012 em 13:56
        Permalink

        ? mais uma prova que os Celestes tem um nível diferenciado.
        E não temos um jogador de apelido BEROLA.
        Beijo.

        Resposta
        • 5 de março de 2012 em 14:01
          Permalink

          Aham … tem ANSELMO RAMON 😉

          Resposta
    • 5 de março de 2012 em 13:54
      Permalink

      Já tou sofrendo Bullying por causa dessa catinga de “pateticana”. Olha.

      Resposta
  • 5 de março de 2012 em 14:08
    Permalink

    Show, belo post ! … até ler “atleticana”!
    ….

    Resposta
  • 5 de março de 2012 em 17:25
    Permalink

    Perio foi o grande elo da minha habilidade com a vontade de cuidar, eu sou, eu fui e sempre serei periodontista…adorei!

    Resposta
  • 5 de março de 2012 em 14:27
    Permalink

    comigo o problema eh com endo…detesto!

    Resposta
  • 5 de março de 2012 em 15:48
    Permalink

    Se Deus quiser serei periodontista!!!

    Resposta
  • 5 de março de 2012 em 18:00
    Permalink

    Belo Texto mesmo! Até me identifiquei um pouco, apesar de que na graduação eu conhecia as curetas McCall e tive aulas de estética periodontal, o que não colaborou tanto para o meu maior interesse na disciplina foram os professores que tive que eram muito rígidos e alguns pacientes “traumatizantes”.

    Me formei a um ano e meio apenas, só não fiz curso de Perio ainda porque apareceu a oportunidade primeiro de fazer um de Prótese. Meus planos são mesmo para depois do curso atual eu fazer uma especialização de Perio, já visando também a escassez de profissionais dessa área na minha cidade e a boa demanda de pacientes para essas diversas outras áreas.

    E ainda tem alguns colegas que sei lá por quais motivos (complexo de superioridade, recalque etc) consideram o Periodontista como sendo o “Faxineiro” da odontologia. Francamente!

    Resposta
  • 6 de março de 2012 em 00:22
    Permalink

    ?timo texto, por esses e tantos mais motivos formei e me especializei em Periodontia e continuo no mestrado em periodontia para facilitar a vida de colegas seja com um enxerto , um aumento de coroa etc. abraço para todos.

    Resposta
  • 7 de março de 2012 em 07:57
    Permalink

    A especialidade da Periodontia me fez um profissional muito completo. Pério tem tudo! Tem clínica, tem cirurgia, tem raspagem (muita raspagem), tem diagnóstico bucal, tem manutenção e tem as relações da odontologia com outras doenças do corpo. A Pério é a base de todos os tratamentos, é a limpeza do terreno para subir o prédio (reabilitação). Se você odeia peridontia, mande para mim! Abs

    Resposta
  • 22 de março de 2012 em 10:34
    Permalink

    Sou graduanda e acabei de sair da discplina de perio e eu S? RASPEI, mal!rs
    Na minha turma, ninguem gosta de perio, acho que isso se deve não à periodontia em sí, mas a forma como a discplina foi dada, então, se há algum dentista/docente aqui, por favor, dêem com carinho suas discplinas…
    Ou será que alguns professores “estragam” algumas especialidades por medo de concorrência futura?? Sei não viu… rsrs

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *