O dentista que foi engolido por uma sucuri

Desde que me formei em Odontologia que eu ouço um causo, que parece história de pescador mas que aparentemente não é tão mentiroso assim, infelizmente. Reza uma lenda urbana (se bem que essa tá mais pra rural) que no ano 2000, no Mato Grosso, mais precisamente as margens do rio Araguaia, um dentista foi engolido por uma sucuri.

“Dizem que um grupo de quatro pescadores do interior paulista, dentre eles um dentista que se chamava José Ronaldo, foi pra lá pescar e tão logo chegaram as margens do rio, escolheram uma clareira para montar acampamento e ao entardecer, resolveram tentar descobrir bons locais pra pescar no outro dia. Eles se separaram mas, ao anoitecer, apenas três retornaram ao acampamento. Preocupados os três começaram a gritar mato afora, o nome do dentista. Nenhuma resposta e a mata fechada, aliada á falta de luz fez com que voltassem ao acampamento, e esperaram pelo amanhecer.

Os três passaram a noite acordados. Acreditavam que José Ronaldo tinha sido atacado por uma onça ou qualquer outro animal, com os primeiros raios de sol deram continuidade as buscas. Bateram vários quilômetros e somente no final da tarde encontraram a primeira pista para localizar o dentista. Eram pedaços de suas roupas que estavam a margem do rio.

Havia sinais de luta. Logo dois pescadores pensaram que se tratava de um assalto, ou seqüestro e ressurgiram as esperanças de que José Ronaldo ainda estivesse vivo.

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  • 49
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

11 comentários em “O dentista que foi engolido por uma sucuri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *