11 comentários em “O dentista porco

  • 28 de fevereiro de 2011 em 12:06
    Permalink

    Meeeeuuuuu Deeeeeeeeeuuuuusssssssssss!!!!!

    Que horrorrrr….como podee???

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 12:10
    Permalink

    Meu Deus!!! onde fica isso…
    Jesus amado, Chamando ele de Porco vc ta sendo gentil com ele …
    quantas contaminações esse individuo ja não passo adiante!!
    Que NOJOOOO!

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 13:24
    Permalink

    Porco NADA! Falar mal assim do porco, coitado! Dentista IMUNDO, NOJENTO, isso sim!

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 14:51
    Permalink

    Mas será que ele atendia alguém?
    Pe nessas condições acho difícil viu…

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 16:46
    Permalink

    O pior de tudo e que tem gente que se sujeita a entrar em um “lugar” desses e realizar um “tratamento” com o “profissional”.

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 17:51
    Permalink

    depois a vs enche o saco com altura de rodapé…..

    Resposta
  • 28 de fevereiro de 2011 em 20:12
    Permalink

    a oficina mecânica do meu irmão é mais limpinha…

    Resposta
  • 1 de março de 2011 em 00:57
    Permalink

    Daí a Vigilancia vem no nosso consultorio e implica com o papel autoclavavel!!!
    -Tem que ter a data pra saber a validade.
    Qual a validade da “esterilização” deste cara!

    Resposta
  • 1 de março de 2011 em 01:04
    Permalink

    Biossegurança passou longe né? Minha nooossa os pacientes saiam daí direto para o hospital. Que vergonhaaa!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *