Artigos relacionados

14 Comments

  1. 1

    Daia

    "Raríssimas faculdades preparam o dentista récem-formado para gerir seu próprio negócio." A minha prepara S? para o serviço público, triste.

    Reply
  2. 2

    celia barral

    Já falei sobre isso em outra oportunidade, mas sempre é bom reforçar. Se existe alguma faculdade que prepare o recém-formado para a realidade, eu desconheço. Concordo com o inicio trabalhando pra outros. Montar consultorio é um pouco ilusão. Te envia do aluno para o endividado sem escalas. Principalmente se vc precisar de financiamento. Vai ter dívidas enormes antes de ter entradas. As horas sentado naquela cadeira novinha, esperando alguém bater à porta serão intermináveis. Nestas horas os convênios ajudam a preencher o horario, mas o ganho não cobre os custos. Além do que, a cara jovem de recém formado afasta muitos clientes. As guias de arrecadação começarão a chegar e vc pode entrar na corrida dos ratos. Cuidado! Trabalhar para um colega pode abrir horizontes, além de te ajudar a ver o que vc mais gosta de fazer e pautar sua carreira por aí. Fuja dos exploradores que nesta época do ano se multiplicam e vão te oferecer de 25 a 30% de comissão. Isto é roubo. Nada justifica isso. Se ele está dando o material e a indicação, lembre-se que vc está dando algo que te custou 20 anos da vida: seu conhecimento. ? claro que te falta experiência, mas faça só o que tem certeza de conhecer e aos poucos vc terá condições de se aventurar por caminhos novos. Espero ajudar. Tive um conselho sábio e que diariamente eu agradeço. Conto em outra oportunidade. Boa sorte e venha com vontade porque o sol nasceu pra todos. Mas se vc tiver coragem, tente o interior do país, onde a Odontologia é pouca, as necessidades são muitas e o reconhecimento existe. Se eu tivesse tido esta dica…

    Reply
  3. 3

    Roberta

    Dicas para os recém formados:
    1- se vc tem algum parente dentista, cole no pé dele!
    2- se vc não tem parente dentista, estude para concurso.
    3- se vc não quer estudar, conheça algum político e arrume um contrato na prefeitura em troca de votos.
    4- se vc não conhece nenhum político, vá para o Exército!! Os homens são obrigados a se apresentar quando formam e as mulheres vão como voluntárias. Tem uns lugares lá na Amazônia precisando muito de dentista.
    5- se vc não quer ir para a Amazônia, trabalhe na clínica de algum colega ganhando 20% (sem material incluso)e seja explorado por uns bons anos.
    6- se vc não quer ser explorado, monte um consultório, mas aconselho a não fazer isso sozinho. Junte com uns colegas para dividir as despezas, pois as coisas hoje não são fáceis e a não ser que vc seja ortodontista, é muito difícil manter um consultorio sozinho pelo menos no início da carreira).
    Eu sou formada ha 10 anos e tive muita sorte!! Minha irmã mais velha é dentista e eu segui o passo n 1: colei no pé dela e ela me ensinou muitas coisas. Graças a ela, não fiz muitas cagadas no início( só algumas).
    Mas depois tomei vergonha na cara e fui estudar (passo 2) passei em 2 concursos e hoje trabalho pouco (2 dias na semana) e ganho mais do que ganhava no consultório!
    Acho que isso depende do perfil de cada um, tem gente que ama consultório e sabemos que SUS não é para qualquer um né. O importante é vc se definir como profissional e saber o que quer para a sua carreira.
    Boa sorte para todos os formandos e bem vindos ao " estranho mundo da odontologia"

    Reply
  4. 4

    Alexandre Koga

    HAHA o mais legal são os coments do seu Blog! Auto ajuda ou auto destruição!

    Reply
  5. 5

    Frank Botega

    Acho o teu conselho bem interessante. Mas se os acadêmicos saissem das universidades com mais segurança tanto na questão da gestão dos seus consultórios como na realização dos procedimentos não veria problema nenhum em já sair montando um consultório próprio.

    Abraço pra ti Prof. Pasquale

    Reply
  6. 6

    Dra Lara Antonieto

    Sinceramente se o cara é bom ele se mantem sózinho e monta sua clientela rapidinho (meu caso), agora se o cara é ruim o negocio é montar uma pop, ou trabalhar em uma pop por procentagem pelo menos não suja seu nome pq os pacientes que frequentam pops infelizmente são mal informados.

    Reply
  7. 7

    Alinne

    O maior investimento na área da odontologia é o estudo. Os profissionais que vejo reclamando, andando de carro velho e passando uns apertos, são aqueles que se formaram e fizeram no máximo uma especialização e pronto. No entanto aqueles que estao sempre estudando, escrevendo artigos, são mestres e doutores, desfrutam de uma vida digna de dentista. Cada um quando se forma determina pra si a linha quer seguir, e essa te leva ao sucesso ou não. A verdade que o mercado odontolóico esta sempre lançando coisas novas, as vezes boas ou não, e aqueles que ficam somente limitados a sua rotina acabam não vendo as oportunidades que estão passando.

    Reply
  8. 8

    Estefane Menezes

    Gostei muito das dicas..eu vou fazer odontologia ano q vem e tenho certeza q com sacrificio ou não eu chego la, o negocio e não desistir e provar pra si mesmo q vc consegue..beijos

    Reply
  9. 9

    Luciane Araujo

    gostei das suas dicas, estou no primeiro ano ainda de odonto, mas com muitas espectativas para o futuro, sei que não é nada facil e é ilusório o pensamento de que ser dentista é ficar rico, oque vc fizer tem q fazer com amor e dedicação, só assim sera um exelente profissional e com crtza bem remunerado tmb…..abraços parabens nos ajuda e muito.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *