E dente de leite lá tem canal ???

dente_de_leiteÉ claro que dente de leite tem canal !!! Eu e você sabemos disso !!!

Mas foi o que acabou de me perguntar uma mãe, que, irritada com o orçamento, mostrou o quanto nossos pacientes, e no caso, seus pais, são mal informados sobre odontologia.

Não que eu queira que eles cheguem aqui no consultório me falando termos técnicos, mas um pouco de informação não faz mal a ninguém.

E a culpa, caros colegas, é nossa !!! Damos informação de menos, e na maioria das vezes, só fazemos isso quando o paciente questiona, assim como aconteceu comigo hoje.

Tem uma frase que um professor me disse quando comecei a fazer Ortodontia que, mesmo não se aplicando ao caso que motivou o post, guardo até hoje e poderá ser útil a vocês:

“Tudo que você explica ao paciente ANTES de tratá-lo é informação e tudo que você explica DEPOIS é desculpa.”

Hoje eu fiz a minha boa ação e levei a luz da informação a mais uma mente fechada !!! Faça o mesmo !!! :)

Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

8 comentários em “E dente de leite lá tem canal ???

  • 28 de setembro de 2010 a 20:17
    Permalink

    Muito boa a frase! Sábio professor… :) Realmente, os pacientes não tem obrigação de saber coisas técnicas. O problema é quando eles, sem saber nada, questionam o SEU conhecimento. Perguntar é uma coisa, não te respeitar como profissional é outra bem diferente. ? a distância entre o "Doutor, eu não entendi… me explica?" e o "Doutor, você tá me enrolando!". ? aquele cara que te MANDA arrancar o dente… :/

    Responder
  • 28 de setembro de 2010 a 20:18
    Permalink

    De fato seu post está coberto de razão, explicação é tudo….

    "Tudo que você explica ao paciente ANTES de tratá-lo é informação e tudo que você explica DEPOIS é desculpa."

    #pensenisso @racarvalho

    Responder
  • 28 de setembro de 2010 a 20:21
    Permalink

    concordo com seu professor…
    mais ultimamente com o Google os pacientes já chegam com muita informação até nós, porém sempre tem aqueles que faz umas perguntas cretinas… tipo trata canal tira ou mata a raiz??? essa foi a pior q escutei!!! rsrsrs.

    Responder
  • 29 de setembro de 2010 a 01:08
    Permalink

    Adorei o ditado. Como o paciente vai san[ber que o dente tem canal, se ele acha que dente de leite não tem raiz? Imagina seu anjinho, mastigando tudo o que encontra, com dentes sem raizes?

    Responder
  • 29 de setembro de 2010 a 12:47
    Permalink

    dureza é quando voce tem um amigo que pede explicação, voce vai, gasta uma conversa, explica que a ausencia do dente deciduo pode levar p.ex. a problemas oclusais, etc etc…
    E ele ainda vai depois e pergunta (puto unicamente pq tinha que morrer numa grana no dentista):
    -Mas essa m#rda nao vai cair mesmo?!?!? Pra que fazer canal!? Vou mandar arrancar!!!

    Aí vai o bom samaritano do Paulão, que nem era dentista da filha dele e EXPLIIIIIIIIIIIICA tudo de novo…
    Só convenci o brother quando falei que a grana q ele ia economizar no canal, ia gastar 10x mais na ortodontia depois.
    foda…

    Responder
  • 25 de outubro de 2010 a 17:25
    Permalink

    o procedimento de canal em dente de leite é o mesmo em dente permente? as técnicas? o material é o mesmo?
    Por favor de tirem essa dúvida!

    Responder
  • 26 de outubro de 2010 a 23:34
    Permalink

    Não Anonimo, o tratamento de canal em dente de leite tem técnicas e materiais diferentes, porém, tem o mesmo objetivo, que é descontaminar o interior das raízes (canais). Em dentes decíduos (de leite)o material tem que ser reabsorvível, para que não atrapalhe a formação e erupção do permanente. Um dente decíduo infeccionado, sem tratamento adequado, prejudica a formação do permanente, além de comprometer a saúde geral da criança. Costumo brincar: Se os dentes de leite fossem desnecessários, DEUS não tinha gasto um tempo danado para desenhar 20, um diferente do outro.

    Responder
  • Pingback: Quem fez canal do dente pode colocar aparelho ortodôntico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *