O Caça-Dentista

O CA?A DENTISTA

“Uma característica marcante no guarda noturno J. E. F., 30 anos, preso na manhã de quinta-feira, acusado de vários estupros e um homicídio em Campo Mourão-PR, e que até facilitou sua identificação pelas vítimas, foi a falta de dois dentes na parte superior e frontal da boca. O detalhe poderia ser apenas uma simples falha. No entanto, para o acusado, a marca tem um significado: são as lembranças amargas de um suposto mau atendimento durante uma consulta numa clínica odontológica. Um dentista, segundo ele, teria o mal tratado.


A surpreendente revelação foi feita à polícia e aconteceu durante um interrogatório, na tarde de quinta-feira. O acusado informou que a partir desse momento passou a odiar qualquer dentista independente de conhecê-lo ou não. Justificou também que os crimes por ele cometidos seria uma forma de se ??vingar? destes profissionais. Disse ainda que prefere ficar sem os dois dentes a que comparecer ao dentista para reparar as duas falhas na boca.”


Esse texto acima citado foi extraído de um
link enviado pelo leitor Guilherme Prado via e-mail e eu achei interessante postá-lo porque, além de dizer respeito a todos nós dentistas, também trás à tona uma verdade absoluta da Odontologia. A de que temos uma única oportunidade para causar uma primeira boa impressão em nossos pacientes. E essa impressão será fruto de como esse paciente nos verá para sempre.

Quantas vezes o paciente sai do nosso consultório e não volta ??? Será que faltou dinheiro, ou ele encontrou alguém que o tratasse melhor, não só no sentido odontológico, mas no pessoal também ???

Não podemos nos esquecer que antes de ser paciente, aquele sujeito sentado na cadeira é um ser-humano. Uma pessoa com expectativas e medos, vontades e preferências, assim como cada um de nós.

Vamos tentar superar as
expectativas de nossos pacientes, afastando seus medos, satisfazendo suas vontades, dentro do possível, para que continuemos sendo o profissional da preferência deles !!! 🙂


Compartilhe essa postagem com seus amigos
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comente

Comentários

Um comentário em “O Caça-Dentista

  • 19 de julho de 2010 em 15:29
    Permalink

    Você tocou num ponto crucial. O de superar as expectativas. isso é fundamental.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *