24/04/2014

Dentista ruim de ... de ... de que mesmo ???

Não sei vocês, mas eu sofro de um mal terrível para os dentistas. A memória curta.

Já aconteceu do paciente passar de manhã na primeira consulta e voltar à tarde para iniciar o tratamento e eu já ter esquecido o nome dele. É ridículo, mas é verdade !!!

É constrangedor, encontrar com pacientes meus na rua ou na recepção e não lembrar seus nomes. Ainda mais numa cidade pequena como a minha, onde as pessoas dão mais valor ainda pra esse tipo de cortesia.

Quem me salva é minha esposa quando estamos na rua e encontramos algum paciente. Ou a secretária na recepção, que ao me ver embaraçado, logo me passa a ficha do paciente para que eu leia seu nome. Mas nem sempre eu consigo me safar e em algumas das vezes o paciente percebe que eu não lembro seu nome. É péssimo.

O pior é que, durante os diálogos, eles sempre fazem questão de citar o meu nome. Como a me jogar na cara que eles sabem que eu esqueci, e eles não.

Algum de vocês passa por isso ??? Se passam, como lidam com essa limitação ???  Tem alguma técnica para melhorar isso ??? Agradeço se puderem me ajudar.

Ah …. tem mais uma coisa que eu quero contar … Calma … Um segundo … Não é mentira … Putz… ESQUECI !!! =P

Sobre o Autor 

Fabrício Mendes é atleticano desde que nasceu em 1978, dentista desde 1999, blogueiro odontológico desde 2010 quando do interior de Minas Gerais (Ilicínea, pra ser mais exato) resolveu criar o Vida de Dentista.